Demian lamenta confusão no meio-médio: ‘Não sei o que dizer’

Brasileiro reiterou que vai esperar sua chance de lutar pelo título

D. Maia quer desafiar vencedor de Woodley x Thompson (FOTO: Buda Mendes/Getty Images)

D. Maia quer lutar pelo título (FOTO: Buda Mendes/Getty Images)

Veja Também

Thunder (dir) posa com A. Silva (esq) FOTO: Arquivo Pessoal
Parceiro de Anderson que simulou Brunson crava: ‘Spider vai nocautear’
H. Holm fala com a imprensa antes do UFC 208 (FOTO: Jeff Bottari/Getty Images)
Holm desconversa sobre Cyborg, mas avisa: ‘Quero enfrentar a melhor’
Dana (esq.) e Ronda (dir.): melhores amigos, segundo o dirigente. Foto: Divulgação
Dana White volta a defender Ronda Rousey: ‘É um ser humano’

Demian Maia já disse algumas vezes que não vai aceitar mais nenhuma luta que não seja pelo título meio-médio. Mesmo com desafios de Jorge Masvidal e Donald Cerrone, o brasileiro garante que seu próximo combate será contra o vencedor de Tyron Woodley e Stephen Thompson, que fazem a revanche no UFC 209. Isso significa que Maia poderá ficar quase um ano longe do octógono. Ainda que ache necessária a espera, Demian lamenta a confusão que se instalou em sua divisão.

“É difícil de entender. O jogo está mudando e o UFC…as coisas estão confusas agora, pelo menos do meu ponto de vista. Trabalho para o UFC há 10 anos e nunca havia visto isso. Sou o desafiante número um e ninguém questiona isso. Vou esperar, não importa o tempo. É difícil, porque sou um atleta e quero estar sempre lutando, mas construí um caminho até aqui. Tenho que ser paciente. Já não sei mais o que dizer. As pessoas vêm falar comigo na rua e não sei o que dizer a elas”, desabafou o meio-médio em entrevista ao programa “The MMA Hour”.

Desde que desceu do peso médio para o meio-médio, Demian tem nove vitórias e duas derrotas e está invicto há seis lutas, finalizando Neil Magny, Matt Brown e Carlos Condit, além de vencer Gunnar Nelson, Alexander Yakovlev e Ryan LaFlare por decisão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário