UFC 208: Germaine De Randamie supera Holm e conquista cinturão inaugural dos penas

Em luta jornal, De Randemie bate ex-campeã dos galos e entra pra história como primeira campeã peso pena feminino do UFC

 

De Randamie é a primeira campeã peso pena do UFC. (Foto: Getty Images)

De Randamie é a primeira campeã peso pena do UFC. (Foto: Getty Images)

Germaine De Randamie escreveu seu nome na história do MMA. Na luta principal do UFC 208, realizado na madrugada deste sábado (11), no Brooklyn, a holandesa derrotou Holly Holm na decisão unânime dos juízes (triplo 48×47) e se tornou a primeira campeã peso pena feminino do UFC.

Veja Também

Andeson quebrou jejum de quase cinco anos e voltou a vencer no UFC. (Foto: Getty Images)
UFC 208: Anderson Silva vence Brunson, encerra jejum e se emociona
UFC 208: Souza v Boetsch
UFC 208: Jacaré finaliza Tim Boetsch e pede por cinturão; Glover também vence
Reis (esq) venceu a terceira consecutiva nos moscas. (Foto: Getty Images)
UFC 208: Wilson Reis vence japonês e fica próximo de cinturão; Jucão é dominado por LaFlare

A luta

O duelo começou com as duas se estudando bastante, com agressividade quase nula nos minutos iniciais. De Randamie passou a cercar Holm no cage, que se contentava em responder com chutes baixos. A holandesa, mais forte fisicamente, pressionava a rival, que se esquivava e evitada cair na trocação. Na reta final, a americana clinchou e tentou levar para o chão, sem sucesso.

Holm voltou mais ativa para o segundo assunto, disparando boas combinações de golpes, que eram respondida na mesma moeda pelo adversária. Holm levou o combate para a grade e clinchou, deixando o duelo travado e sem muita emoção .O ritmo seguiu assim até o final do round.

O terceiro assalto se iniciou com Holm tomando a inativa, mas sem efetividade. De Randamie respondia na mesma moeda, com duros golpes de direita. A ex-campeã tentava clinchar, sem sucesso. A luta seguiu na trocação, mas sem golpes efetivos. Nos segundos finais, Holm acertou belo chute algo na holandesa, que se defendeu.

Em desvantagem na trocação, Holly Holm levou Randamie para a grade e trabalhou no clinche, buscando as pernas da holandesa tentando levar a luta para o chão. A luta continua no mesmo roteiro, com Randamie trabalhando no contragolpe, e Holly tentando achar uma brecha para levar para o chão, mas não obteve sucesso.

No round decisivo, Holm voltou mais agressiva, mas nada que incomodasse a holandesa. Holm soltou um bom direto de esquerda, abalando a holandesa, que sentiu e faz o clinche. A americana ficou na grade encurralando Randamie, que tentava se defender. No minuto final, mais do mesmo, com as duas ensaindo golpes, mas sem efetividade.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário