Anderson Silva recebe maior salário da carreira após vitória no UFC 208

Mesmo fora da luta principal, ex-campeão brasileiro ganhou R$ 2,55 milhões com triunfo sobre norte-americano Derek Brunson

A. Silva comemora vitória sobre D. Brunson (FOTO: Getty Images)

A. Silva comemora vitória sobre D. Brunson (FOTO: Getty Images)

Mesmo fora da luta principal do UFC 208, o brasileiro Anderson Silva foi o lutador que recebeu a maior quantia em salário de todo o evento. O ex-campeão dos médios levou para casa R$ 2,55 milhões, incluindo um bônus pela vitória sobre Derek Brunson e o valor pago pelo patrocínio da Reebok. Essa é a maior bolsa recebida por Anderson em sua carreira, já que os termos de seu atual contrato foram atualizados depois de seu último triunfo oficial, sobre Stephan Bonnar. As informações são do site norte-americano “MMA Manifesto”.

Veja Também

A. Silva quer lutar no Rio (Foto: Getty Images)
Após vitória, Anderson desabafa: “Sou velho, mas tenho experiência”
Anderson (dir) superou Brunson (esq) por pontos. (Foto: Getty Images)
Vídeo: Assista à vitória de Anderson Silva sobre Derek Brunson no UFC 208
A. Silva (esq) venceu D. Brunson (dir) em decisão polêmica (FOTO: Getty Images)
Dana White admite que viu vitória de Brunson sobre Anderson Silva

No UFC 183, em janeiro de 2015, o Spider venceu Nick Diaz recebeu valor similar, porém, foi multado em R$ 680 mil deste valor após ser pego no doping. Além disso, o brasileiro perdeu a vitória, com a luta ficando oficialmente sem resultado (No Contest). Incluído neste valor, estavam os US$ 200 mil de bônus pela vitória sobre Diaz, mais 30% dos US$ 600 mil de bolsa fixa (que ele ganharia independente de triunfo ou derrota). Com isso, os R$ 2,55 milhões ganhos por Anderson no UFC 208 constituem o maior salário de sua carreira.

Depois do Spider, outro brazuca, Ronaldo Jacaré foi o melhor pago pelo UFC. O campeão mundial de jiu-jitsu e ex-dono do cinturão dos médios do Strikeforce levou para casa R$ 795 mil, também inclusos o bônus pela vitória, o prêmio de Performance da Noite e o patrocínio da Reebok. O salário da nova campeã dos penas Germaine De Randamie não foi divulgado pelo site. Derrotada pela holandesa na luta principal, Holly Holm recebeu o terceiro maior valor do evento, levando para casa o equivalente a R$ 561 mil.

Veja os salários do UFC 208 (incluindo bônus e patrocínios da Reebok):

Anderson Silva: R$ 2,55 milhões

Ronaldo Jacaré R$ 795 mil

Holly Holm:  R$ 561 mil

Dustin Poirier: R$ 558 mil

Glover Teixeira: R$ 436 mil

Jim Miller: R$ 415 mil

Tim Boetsch: R$ 236,8 mil

Wilson Reis: R$ 183,8 mil

Nik Lentz: R$ 171,4 mil

Ryan LaFlare: R$ 140,2 mil

Derek Brunson: R$ 140,2 mil

Islam Makhachev: R$ 90,5 mil

Belal Muhammad: R$ 82,5 mil

Roan Carneiro: R$ 78 mil

Rick Glenn: R$ 70,1 mil

Phillipe Nover: R$ 59,2 mil

Randy Brown: R$ 57,6 mil

Jared Cannonier: R$ 51,4 mil

Ulka Sasaki: R$ 51,4 mil

Marcin Tybura: R$ 37,4 mil*

Jarred Brooks:R$ 31,2 mil*

*Tiveram suas lutas canceladas de última hora, mas foram pagos pelo Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário