Bisping ‘pede’ luta contra GSP, mas garante que aceita outros desafiantes

Campeão inglês projeta retorno ao octógono após lesão para junho e pretende receber St. Pierre

Bisping (foto) ignora desafiantes por GSP Foto: Josh Hedges/UFC

Bisping (foto) ignora desafiantes por GSP Foto: Josh Hedges/UFC

O campeão peso médio do UFC, Michael Bisping, ficou conhecido por ser um campeão que prioriza lutas por dinheiro em detrimento de combates com desafiantes que mereceram a chance de lutar pelo seu cinturão. Em entrevista para o podcast oficial do Ultimate, o UFC Unfiltered, o inglês voltou a mostrar essa tendência, ao  pedir um combate contra Georges St. Pierre, ainda que tenha admitido que enfrentará o principal desafiante da categoria, que hoje é Yoel Romero, se assim o UFC preferir.

Veja Também

GSP voltará a lutar no UFC em 2017. (Foto: Getty Images)
Treinador de GSP sugere superlutas contra McGregor ou Bisping
Woodley elogiou Demian (Foto: Getty Images)
Woodley se coloca acima de GSP e diz que é o melhor meio-médio da história
D. Lewis nocauteia T. Browne (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)
Mario Yamasaki admite erro em nocaute de Lewis sobre Browne

“Se me oferecerem o desafiante número um, vou enfrentá-lo. Se me oferecerem o Georges St-Pierre, eu seria um tolo de não aceitar. É óbvio que eu lutaria com ele. Acho que seria uma luta ruim para ele, que volta após mais de três anos. É claro que ele é muito físico, mas a parte mais difícil em lutar com ele é duvidar de si mesmo. Agora, acho que voltar após mais de três anos, subir de categoria e me enfrentar é uma má ideia para GSP. Mas, se ele quiser tentar, que Deus o abençoe”, comentou Bisping.

A luta contra o inglês tem pelo menos um defensor entre as pessoas mais próximas ao ex-campeão canadense. De volta ao octógono após mais de três anos de aposentadoria, GSP ainda não tem adversário definido, mas seu treinador Firas Zahabi gosta da ideia de seu pupilo retornar contra Bisping ou diante de Conor McGregor.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário