Em alta nos pesados, Lewis ironiza Ngannou e mira duelo com Hunt

Com seis vitórias consecutivas, Derrick Lewis admitiu preferência em confronto contra Mark Hunt

D. Lewis vem de seis vitórias seguidas (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

D. Lewis vem de seis vitórias seguidas (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)

Atual número 7 no ranking dos pesos pesados, Derrick Lewis é uma das sensações da categoria. Embalado com seis vitórias consecutivas, a “Besta Negra”, que recentemente nocauteou Travis Browne no UFC Halifax, já começa a traçar seus próximos objetivos. E engana-se quem pensa que Francis Ngannou, outro nome em ascensão na divisão, faz parte dos planos do norte-americano. Para ele, um confronto contra o neozelandês Mark Hunt seria mais proveitoso para sua carreira.

Veja Também

Lewis disparou provocações contra Browne após vitória. (Foto: Getty Images)
Após nocaute brutal, Lewis provoca Browne: “Cadê a gostosa da Ronda Rousey?”
D. Lewis vem de seis vitórias seguidas (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)
UFC Halifax: Lewis consegue incrível virada sobre namorado de Ronda
D. Lewis nocauteia T. Browne (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)
Vídeo: Assista ao nocaute brutal de Lewis sobre Browne no UFC Halifax

“Penso que eu e Francis Ngannou estamos muito próximos no ranking e eu gostaria de enfrentar alguém que fosse realmente um desafio maior. E acredito que o Mark Hunt seja esse desafio. Vencer o Ngannou não me levaria a lugar algum, não me colocaria mais próximo do cinturão, porque, de fato, ele não lutou com nenhum desafiante ao título da divisão ainda. Na verdade, ele corre desses caras mais perigosos”, declarou Lewis, em entrevista ao programa “The MMA Hour” (EUA).

Apesar da preferência por Mark Hunt, Lewis garante que enfrentaria Ngannou. Para ele, o fato de dois negros se enfrentarem aumentaria a expectativa dos fãs americanos.

“Ele é um desses caras que posam de bom moço. Ele fala a coisa certa para a imprensa e não é como eu. Eu digo o que vem na minha cabeça e, provavelmente, o UFC não gosta disso. Mas eu, realmente, não dou a mínima para isso. Mas posso enfrentá-lo, sim. Os Estados Unidos adoram ver dois negros brigando. Eles amam isso”, concluiu o peso pesado.

Derrick Lewis, 32 anos, soma nove vitórias (oito por nocaute) e duas derrotas na organização. Além de Travis Browne, ele já superou nomes como Gabriel Napão, Roy Nelson e Guto Inocente na organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário