Woodley lamenta situação de Demian: ‘Não respeitam sua arte’

Brasileiro teve chance pelo título rejeitada pelo UFC e campeão meio-médio o defendeu

Woodley elogiou Demian (Foto: Getty Images)

Campeão Woodley elogiou Demian (Foto: Getty Images)

O campeão meio-médio do UFC, Tyron Woodley, defende seu título no UFC 209, neste sábado (4) contra Stephen Thompson, após os dois empatarem o primeiro duelo, ocorrido em novembro. Caso qualquer um dos dois tivesse vencido, porém, o próximo desafiante ao cinturão provavelmente seria Demian Maia, que está há seis lutas invicto na categoria. Woodley admitiu se sentir mal por não dar a chance ao brasileiro, e acusou os fãs de MMA de não respeitarem os feitos e a arte de Maia, um dos maiores expoentes do jiu-jitsu dentro do UFC.

Veja Também

McGregor (esq) com John Kavanagh (dir) (FOTO: Sportsfile/Corbis via Getty Images)
Técnico de McGregor acha que luta com Mayweather sai em breve
Cirkunov renovou contrato com o Ultimate. (Foto: Getty Images)
Após longa negociação, Misha Cirkunov renova com o UFC
Bisping também trabalha como ator (Foto: Josh Hedges/UFC)
Bisping: “St. Pierre me escolheu por achar que sou uma luta fácil”

“Parte de mim quer sentir compaixão por Demian Maia. A outra parte entende…eu estive em quatro lutas que valiam a condição de desafiante (…) Eu estive nessa posição tempo o suficiente para entender que ele precisa fazer algo diferente. Infelizmente, o esporte se transformou de tal forma que os fãs só querem lutas sangrentas, com nocautes violentos. Eles não respeitam a arte de Demian Maia. Ele é um dos melhores grapplers do UFC e eles não respeitam a arte que ele traz. Mas também não é meu trabalho promovê-lo. Já tenho problemas suficientes para me promover”, declarou Woodley em entrevista antes do UFC 209.

Enquanto o campeão defende seu cinturão, Demian decidiu que não vai esperar pelo vencedor de Woodley e Thompson e já tem compromisso marcado. Enfrenta Jorge Masvidal no UFC 211, no dia 13 de maio. Como o ex-dono do cinturão meio-médio Georges St. Pierre vai lutar pelo título da categoria de cima, espera-se que o vencedor do confronto entre o brasileiro e o cubano-americano seja o próximo desafiante do vencedor da luta principal deste sábado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário