Khabib desvaloriza título de McGregor: ‘Presente do tio Dana’

Para russo, luta com Tony Ferguson definirá o 'verdadeiro' campeão peso leve do Ultimate

K.Nurmagomedov provocou McGregor (FOTO: Brandon Magnus/Getty Images)

K.Nurmagomedov provocou McGregor (FOTO: Brandon Magnus/Getty Images)

Khabib Nurmagomedov rejeitou a noção de que sua luta contra Tony Ferguson, pelo UFC 209, neste sábado (4), seja apenas pelo título interino dos leves. Para o russo, o duelo vale pelo título “real” da categoria, já que ele não reconhece Conor McGregor como campeão de fato da divisão. O irlandês conquistou o título linear no UFC 205 ao vencer Eddie Alvarez na luta principal do histórico evento.

Veja Também

McGregor (esq) com John Kavanagh (dir) (FOTO: Sportsfile/Corbis via Getty Images)
Técnico de McGregor acha que luta com Mayweather sai em breve
T. Ferguson (foto) se irritou com N. Diaz (Foto: UFC)
Após troca de provocações, Ferguson ameaça campeão Woodley
Woodley elogiou Demian (Foto: Getty Images)
Woodley lamenta situação de Demian: ‘Não respeitam sua arte’

Porém, Nurmagomedov teve um problema na maneira como a qual Conor conseguiu a chance de enfrentar Alvarez, então dono do cinturão. Isso porque McGregor não havia feito nenhuma luta no peso leve, tendo conquistado o cinturão dos penas e depois feito duas lutas até 77 kg. contra Nate Diaz.

“É 100%, essa é a real luta pelo titulo. Vocês sabem que o tio Dana (White, presidente do UFC) deixou o Conor pular todos os desafiantes e lutar pelo cinturão. Não entendo essa luta, não penso sobre ele. Essa é luta real, uma das maiores. Não penso sobre outros caras. Eu deveria lutar pelo título no UFC 205. Sei que não lutei antes pelo cinturão antes pelos meus erros. Tive uma cirurgia. Mas no UFC 205 o ‘tio Dana’ deu de presente para ele. Por que eu não lutei pelo título? Porque são negócios, aquela era a luta do dinheiro”, comentou Khabib, durante eventos promocionais antes do UFC 209.

Nurmagomedov é atualmente o número um do ranking peso leve do UFC. Na companhia, são oito lutas e oito vitórias e seu cartel no MMA está invicto, com 24 triunfos. Entre as principais conquistas do russo, estão vitórias sobre os brasileiros Thiago Tavares, Gleison Tibau e Rafael Dos Anjos, este último ex-campeão da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário