Brave 3 doará renda do evento para tratamento de criança com doença rara

Evento acontecerá dia 18 de março, em Curitiba (PR), e terá renda revertida para criança diagnosticado com atrofia muscular espinhal

Brave 3 será realizado em Curitiba, dia 18 de março. (Foto: Divulgação)

Brave 3 será realizado em Curitiba, dia 18 de março. (Foto: Divulgação)

A organização do Brave Combat Federation, que realiza sua terceira edição no dia 18 de março, em Curitiba (PR), anunciou nesta segunda-feira (06) uma atitude bastante nobre: a companhia reverterá toda a renda de bilheteria arrecadada no evento para o tratamento do menino Arthur Tetto Lader, que sofre com uma doença genética degenrativa rara e sem cura.

Veja Também

Terceira edição do Brave acontecerá em Curitiba, dia 18 de março. (Foto: Divulgação)
Com ex-UFC no card, Brave 3 anuncia venda de ingressos para evento no Brasil
L. Mineiro (esq) pega P. Bananada em Curitiba (FOTO: Divulgação)
Lucas Mineiro enfrenta ‘Bananada’ na luta principal do Brave CF 3
F. Edgar vem ao Brasil para comentar Brave Foto: Josh Hedges/UFC
Frankie Edgar virá ao Brasil para comentar terceira edição do Brave

Arthur tem um ano e foi diagnosticado com atrofia muscular espinhal tipo I (AME-I) que causa  a dificuldade de deglutição e de sucção – as pernas mais fracas do que os braços – o aumento da suscetibilidade a infecções respiratórias; e o acúmulo de secreções nos pulmões e garganta.

O tratamento para AME-I é feito com o medicamento Spinraza (Nusinersen) de forma experimental na Europa e foi aprovado no ano passados nos Estados Unidos, onde o custo pode chegar a US$ 750 mil (R$ 2.3 milhões) apenas no primeiro ano. A mãe de Arthur, Rafaela França Tetto Lader, iniciou uma campanha para arrecar R$ 1 milhão, custo que cobriria os gastos hospitalares, de medicação, viagem e acompanhamento do menino.

Até o momento, a família já arrecadou cerca de R$ 170 mil, valor ainda distante do necessário, e a primeira aplicação em Arthur está marcada para o dia 29 de abril. O tratamento não representa a cura da AME-I, mas ajudará o pequeno Arthur a a voltar a respirar sem aparelhos, movimentar braços e pernas, se alimentar pela boca, firmar cabeça e tronco, e, talvez, até a andar.

Mohammed Shahid, presidente do Brave, afirmou que a intenção é ir além da ajuda direta a Arthur e sua família. “Quando soube da história do Arthur, imediatamente quis fazer algo para ajudar a família neste momento. Mas, além disso, sabemos que possuímos uma extensa plataforma e queremos usá-la para incentivar outras pessoas e entidades a fazerem o mesmo e contribuírem com a campanha #JuntosPeloArthur”, declarou o dirigente.

Para saber mais sobre a campanha #JuntosPeloArthur basta acessar a página oficial da campanha em https://www.facebook.com/Juntos-pelo-Arthur-AME-tipo-I-1543019125989367/.

O Brave 3 será realizado no Ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba (PR), e contará com o confronto entre o ex-UFC Lucas Mineiro e Paulo Bananada na luta principal da noite. Nomes como Thiago Monstro, Julio Cesar “Morceguinho”,  Luan “Miau” Santiago e Felipe Efrain também estão confirmados no show.

BRAVE CF 3

Card Principal:

Peso pena (5 rounds): Lucas “Mineiro” Martins x Paulo “Bananada” Gonçalves

Peso meio-médio: Thiago “Monstro” Vieira x Carlson “Moçambique” Harris

Peso médio: Jeremy “Pitbull” Smith x Antônio Marcos “Pirata”

Peso leve: Luan “Miau” Santiago x Ivan Castillo

Peso pena: Julio Cesar “Morceguinho” x Nate “The Train” Lendwehr

Peso galo: Felipe Efrain x Walel Watson

Card Preliminar:

Peso mosca: Marcel Adur x Ivan Lopez

Peso pena: Jon Olivar Jr x Rogerio Bontorin

Peso leve: James Pou x Pawan Maan Singh

Peso galo: Cristiano Souza x Cristian Quinones

Peso pena: Max Lima x Bruno Roverso

Peso pena: Diego Marlon x TBD

Peso pena: Fabian Galvan x William Lima

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário