Yoel Romero decide esperar por vencedor de Bisping x St. Pierre

Cubano tinha chance pelo título dos médios garantida, mas o retorno de GSP fez com que ele fosse passado para trás

Romero (foto) está perto de disputar o título Foto: Josh Hedges/UFC

Romero (foto) está perto de disputar o título Foto: Josh Hedges/UFC

O cubano Yoel Romero foi o maior prejudicado com o retorno de Georges St. Pierre ao UFC. O ex-campeão canadense decidiu voltar lutando pelo título dos médios e acabou “furando a fila” do “Soldado de Deus”, que havia garantido sua chance pelo cinturão com uma vitória por nocaute sobre Chris Weidman no histórico UFC 205 de novembro do ano passado. Romero garantiu, porém, que não vai aceitar nenhuma outra luta e que pretende esperar pelo vencedor entre GSP e o atual campeão peso médio, Michael Bisping, cujo duelo ainda não tem data marcada.

Veja Também

A. Silva (esq.)  e GSP (dir.) foram campeões do UFC Foto: Josh Hedges/UFC
St. Pierre admite que luta contra Anderson ainda “é possível”
Alvarez (esq) e Poirier (dir) em maio. (Foto: Divulgação/Produção SuperLutas)
Ex-campeão Alvarez retorna contra Poirier no UFC 211, em maio
Rothwell falhou em exame antidoping. (Foto: Getty Images)
Ben Rothwell é flagrado em exame antidoping e está fora da luta contra Werdum

“Minha luta com Bisping acontecerá definitivamente. Mesmo se Bisping perder para GSP, vou derrotar St. Pierre e oferecer uma luta para o Bisping, porque temos negócios inacabados. Adoraria uma luta com o GSP, porque sei que com nossos estilos seria um bom teste para nós dois.Sinto que posso neutralizar seus pontos fortes, e então ele teria que jogar no meu mundo. E isso fará com que qualquer um se sinta desconfortável”, comentou Romero, em entrevista ao site norte-americano FloCombat.

Apesar de falar de GSP em um tom elogioso, o cubano admitiu que gostaria de ter sido o escolhido para enfrentar Bisping e disse que o campeão dos médios está fugindo dele, algo que o próprio Romero entende.

“Deveria ser eu agora. Claro que vou esperar, porque deveria ser campeão agora. Bisping estava no lugar certo no momento certo. Entendo por que as pessoas me temem, e eles estão certos em fazê-lo. O meu repertório não pode ser ignorado”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário