Ferguson ‘ignora’ revanche com Edson Barboza e pede Nate Diaz

Norte-americano não se animou com possibilidade de nova luta com brasileiro, que nocauteou no UFC Fortaleza

T. Ferguson lutaria no UFC 209 (FOTO: Jeff Bottari/UFC)

T. Ferguson lutaria no UFC 209 (FOTO: Jeff Bottari/UFC)

Parece que a revanche que Edson Barboza tanto quer vai ter que esperar mais um pouco. Após a vitória por nocaute sobre Beneil Dariush no UFC Fortaleza, o brasileiro pediu uma nova luta contra Tony Ferguson, que o derrotou no fim de 2015. Porém, o próprio norte-americano não se mostrou entusiasmado com a ideia, preferindo desafiar Nate Diaz.

Veja Também

Barboza (esq) foi finalizado por Ferguson (dir) em 2015. (Foto: Jeff Bottari/UFC)
Após nocaute brutal, Edson Barboza pede por revanche contra Ferguson
Apesar do corte, J. Soto (foto) venceu R. Yahya (FOTO: Reprodução)
Lutador exibe corte após duelo sangrento no UFC Fortaleza
V. Belfort foi nocauteado por K. Gastelum (FOTO: Buda Mendes/UFC)
Belfort recebe suspensão médica e não poderá treinar por um mês

“Eu sou profissional e quero seguir em frente. Gostaria de dar uma nova chance a Khabib, mas acho que ele está em um momento complicado. Não sei quem é o próximo, mas estou pronto. Estou pensando em um nome e jogando por aqui, mas acho que eu faria uma bela luta contra Nate Diaz. Eu acho que a posição dele no ranking é mentirosa, mas não vejo mais ninguém. Sei que Edson Barboza me desafiou, mas é isso aí. Está tudo no ar. Quero lutar pelo título. Quero chegar lá, chutar o traseiro do adversário, não importa quem, e depois chutar o traseiro de Conor McGregor”, comentou Ferguson em entrevista ao programa norte-americano “The MMA Hour”.

Tanto Edson quanto Ferguson só venceram desde que se encontraram. O norte-americano finalizou Lando Vannata no primeiro semestre do ano passado e, em novembro de 2016, dominou o ex-campeão Rafael Dos Anjos. Ele encontraria Khabib Nurmagomedov pelo título interino dos leves, mas o russo teve problemas no corte de peso e a luta foi cancelada na véspera do UFC 209. Já o brasileiro venceu três lutas seguidas: Gilbert Melendez e Anthony Pettis por decisão e, no último sábado (11), superou Dariush com uma joelhada voadora que apagou o iraniano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário