No Brasil, Frankie Edgar admite descer para os galos: ‘Pelo título’

Ex-campeão, que enfrenta Yair Rodríguez em maio, está em Curitiba para comentar terceira edição do Brave

F. Edgar está em Curitiba pelo Brave (Foto: João Vitor Xavier/Super Lutas)

F. Edgar está em Curitiba pelo Brave (Foto: João Vitor Xavier/Super Lutas)

O norte-americano Frankie Edgar admitiu que pensa em descer mais uma categoria e buscar o título no peso galo. Mesmo com luta marcada contra a promessa Yair Rodríguez, para o UFC 211, entre os penas, o ex-campeão dos leves comentou sobre a possibilidade de tentar descer para a divisão até 61 kg., cujo atual dono do cinturão é o compatriota Cody Garbrandt. Ao SUPER LUTAS, “The Answer” também comentou sobre a possibilidade de uma terceira luta com José Aldo.

Veja Também

Edgar (esq) e Rodriguez (dir) vão se enfrentar em maio. (Foto: UFC/Produção: SUPER LUTAS)
Frankie Edgar encara Yair Rodriguez no UFC 211, em maio
Giba deu palestra para lutadores do Brave (Foto: João Vitor Xavier/Super Lutas)
‘Embaixador’ Giba, do vôlei, elogia amiga Bate-Estaca: ‘Vai ser campeã’
A. Tanquinho (dir) enfrenta A. Sterling em abril (Foto: UFC/Montagem: Super Lutas
Tanquinho tenta segunda vitória seguida contra Aljamain Sterling no UFC on Fox 24

“Eu sei que posso bater o peso. Não seria fácil, nem divertido, mas eu bateria, tenho certeza disso. Mas teria que ser por algo grande. Eu acho que, neste momento da minha carreira, eu só baixaria se pudesse lutar diretamente pelo título dos galos. Não me importo se o campeão é Dillashaw ou Garbrandt, minha luta ideal é sempre contra o dono de um cinturão. Adoraria uma terceira luta com Aldo, mas não sei se uma vitória sobre Rodríguez me colocaria nessa rota. Mas, nesse momento, só desceria pelo título”, comentou Edgar.

Apesar de treinar com brasileiros como Ricardo Cachorrão, Edson Barboza e Marlon Moraes, Frankie Edgar está pela primeira vez no Brasil. O peso pena veio a Curitiba para comentar a terceira edição do Brave, que terá Lucas Mineiro contra o mexicano Fabian Galván na luta principal. Edgar reiterou que estudou as lutas, e lamentou a lesão de Paulo Bananada, que lutaria contra Mineiro.

“É uma pena a lesão de Paulo, essa era a luta que mais me animava. Mas o evento todo está muito bom, estudei e sei que foram lutas bem casadas. O mexicano que lutará com Lucas Mineiro já estava no card e ele é muito duro, com ótimo boxe. Vai ser uma excelente noite de lutas”, pontuou.

*Repórter viajou a convite do Brave CF

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário