Weidman diz que Bisping x St. Pierre é péssimo para a divisão dos médios

Ex-campeão da categoria afirma que duelo entre atual campeão e o canadense atrasará a elite do peso

C. Weidman não gostou do duelo Bisping x GSP (Foto: Getty Images)

C. Weidman não gostou do duelo Bisping x GSP (Foto: Getty Images)wei

Não é só Ronaldo Jacaré que está insatisfeito com o anúncio da luta entre Michael Bisping e Georges St.Pierre, válido pelo cinturão dos médios (até 84kg.). Ex-campeão da categoria, Chris Weidman também desaprovou o confronto, afirmando que os dois lutadores irão atrapalhar o andamento da divisão.

Veja Também

Jacaré criticou GSP x Bisping (Foto: UFC)
Jacaré se revolta com Bisping x GSP: “Nem vou ver essa porcaria”
Dana (foto) contou história polêmica com Ortiz Foto: Josh Hedges/UFC
Dana White revela troca de socos com ex-campeão do UFC

“Isso está, sem dúvidas, travando a divisão, o que é péssimo para todos os pesos médios. Eu entendo Georges St-Pierre. Ele recebeu a chance de lutar pelo cinturão dos pesos-médios contra um cara que é menos perigoso para ele que Tyron Woodley, se ele lutasse pelos pesos-meio-médios. É uma grande oportunidade, e eu entendo que ele tenha aceitado. Para Michael Bisping também é uma grande oportunidade. Ele vai ganhar muito dinheiro enfrentando um cara que veio dos pesos-meio-médios e não luta há três anos. Para esses dois caras tudo está funcionando perfeitamente, mas para o resto é uma droga”, disse Weidman, em entrevista ao site “MMA Fighting” (EUA).

Chris Weidman, 32 anos, não atravessa um bom momento na carreira. Após nocautear Anderson Silva no UFC 163, em julho de 2013, e conquistar o cinturão dos médios, ele defendeu o título em três oportunidades, todas contra brasileiros – Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort. Contudo, foi destronado do posto e amargou a primeira derrota da carreira ao ser nocauteado por Luke Rockhold no UFC 194, em dezembro de 2015. Sua última aparição foi no UFC 205, em novembro passado, quando sofreu novo revés por nocaute, dessa vez contra o cubano Yoel Romero.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário