Wilson Reis planeja ‘pressão’ para surpreender Demetrious Johnson

Brasileiro tentará impedir que norte-americano iguale recorde de defesas seguidas de cinturão, que é de Anderson Silva

Reis luta pelo título em abril. (Foto: UFC)

Reis luta pelo título em abril. (Foto: UFC)

O desafiante ao título mosca Wilson Reis terá a missão de impedir que o campeão Demetrious Johnson alcance o recorde de 10 defesas seguidas de cinturão, marca que apenas Anderson Silva carrega no momento. E para ajudar o compatriota, o brasileiro já sabe o que deve fazer para surpreender Johnson, amplo favorito nas casas de apostas.

Veja Também

McGregor e Diaz se cumprimentam após revanche Foto: Divulgação/UFC
McGregor relembra revanche com Diaz e se diz animado por trilogia
Holloway é o campeão interino dos penas. (Foto: UFC)
Holloway volta a provocar Aldo: ‘Apenas apareça no dia 3 de junho’
Coletiva do Bellator. Wand apareceu em teleconferência (FOTO: Divulgação)
Wanderlei e Sonnen trocam insultos em coletiva: ‘Chupe minhas b…’

De acordo com Reis, que vem de três vitórias consecutivas, o plano de jogo ideal para bater DJ é pressioná-lo a todo momento, e fazê-lo andar para trás. Assim, o brasileiro crê que sua evolução no wrestling e no muay thai e boxe fará a diferença.

“Eu sou um lutador completo. Evoluí muito na trocação e no wrestling e estou focando no ground and pound para ser ainda mais completo e para lutar bem em todas as áreas do MMA. Mas eu acho que a melhor parte do meu jogo é a pressão que exerço sobre meus oponentes. Eu estou sempre buscando acabar com as lutas e estou sempre andando para frente. Acho que essa luta será assim. Vou dominar o centro do octógono e controlar Demetrious Johnson. Vou fazê-lo andar para trás e essa será a estratégias para a vitória”, comentou Reis, ao site norte-americano MMA Junkie.

Wilson desafia Demetrious Johnson na luta principal do UFC Kansas, que ocorre no dia 15 de abril. Além do duelo pelo título dos moscas, o evento trará Ronaldo Jacaré, enfrentando Robert Whittaker, pelos médios, além de Augusto Tanquinho contra Aljamain Sterling e Renato Moicano medindo forças com Jeremy Stephens, em lutas pelos galos e penas, respectivamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário