Argelino se sagra primeiro campeão do Brave e pegará Lucas Mineiro

Elias Boudegzdame ganha primeiro cinturão da organização e terá que enfrentar o brasileiro, ex-UFC, na primeira defesa

L. Mineiro (dir) encara novo campeão (Foto: Divulgação)

L. Mineiro (dir) encara novo campeão (Foto: Divulgação)

O Brave Combat Federation, evento do Bahrein e que fez seu penúltimo show no Brasil, coroou nesta sexta-feira (31) seu primeiro campeão, no peso pena. O argelino Elias Boudegzdame superou Masio Fullen, ex-lutador do UFC, na luta principal do Brave 4, por finalização no primeiro round e se tornou dono do primeiro cinturão em jogo da organização, que fará sua próxima edição na Índia, em abril.

Veja Também

R. dos Anjos (foto) é ex-campeão dos leves. Foto: Josh Hedges/UFC
De olho no UFC 212, Dos Anjos aceita desafio ‘antigo’ de Saffiedine
Lamas (esq) e Sung Jung (dir) devem se enfrentar em julho (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Ultimate planeja Lamas x Zumbi Coreano na luta principal do UFC on Fox 25
L. Mineiro comemora vitória sobre F. Galván Foto: Jason Silva/Divulgação BRAVE
Lucas Mineiro finaliza no Brave 3 em noite de vitórias brasileiras

O evento, que aconteceu em Abu Dhabi (EAU), contou com a presença de Lucas Mineiro. O brasileiro, que também já lutou pelo Ultimate, venceu Fabian Galván no Brave 3 e se credenciou a disputar o cinturão. Ele deve enfrentar Boudegzdame ainda neste ano, possivelmente no retorno do Brave ao Brasil, como o SUPER LUTAS antecipou em primeira mão. Ao fim da luta principal, Mineiro subiu ao cage e encarou Boudegzdame e o provocou, dizendo que o título na cintura do argelino era dele.

Na segunda luta mais importante da noite, o brasileiro Vinícius “Thunder” Cruz, que é um dos sparrings de Anderson Silva na academia carioca X-Gym, perdeu no segundo assalto para Mohammad Fakhreddine, por nocaute técnico, após sofrer um corte quando estava por baixo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário