Após nocautear Jacaré, Whittaker traça objetivo: ‘Quero o cinturão’

Australiano, que surpreendeu ao nocautes Jacaré no último sábado, vem de sete vitórias consecutivas no Ultimate

Whittaker vem de sete vitórias consecutivas no UFC (Foto: Josh Hedges/UFC)

Whittaker vem de sete vitórias consecutivas no UFC (Foto: Josh Hedges/UFC)

Um dos principais destaques do UFC Kansas, evento realizado no último sábado (15), Robert Whittaker confirmou a boa fase ao nocautear de forma surpreender o brasileiro Ronaldo Jacaré, que estava até então cotado para disputar o cinturão dos médios (até 84kg). Agora, contudo, é o australiano que passa a visar uma disputa de título na categoria. E ele não esconde o desejo de enfrentar Michael Bisping, atual detentor da cinta.

Veja Também

R. Whittaker conecta cotoveladas em R. Jacaré (Foto: Josh Hedges/UFC)
Vídeo: Assista a vitória Robert Whittaker sobre Ronaldo Jacaré
Jacaré pode enfrentar Weidman em breve (Foto: Mike Roach/UFC)
Jacaré descarta dar ‘desculpas’ por derrota e garante volta por cima

“Eu tenho que ver com meus treinadores, mas estou na minha caminhada pelo título. Eu quero o cinturão. Bisping me deve uma luta. Ele perdendo ou ganhando, eu quero o cinturão”, declarou o lutador, em entrevista após seu triunfo mais recente.

Questionado se achava que Jacaré havia o subestimado, Whittaker descartou a hipótese, e garantiu que o brasileiro estava focado para o duelo.

“Os apostadores não sabem quem eu sou. Eu vivo na Austrália, treino lá, longe de qualquer lugar. Eu não acho que o Jacaré tenha me ignorado. Ele é um veterano do esporte. Ele me levou a sério desde o primeiro dia, mas é apenas uma vitória”, concluiu.

Robert Whittaker, de apenas 26 anos, vem de sete vitórias consecutivas, seis delas no peso médio. Ele estreou na organização em 2012, ainda como peso meio-médio, categoria na qual somou três triunfos e duas derrotas. Além de Jacaré, o campeão do TUF Smashes já derrotou nomes como Derek Brunson, Uriah Hall, Rafael Sapo e Brad Tavares.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário