Viviane Sucuri enfrenta Jamie Moyle no UFC 212, no Rio de Janeiro

Brasileira tentará manter a invencibilidade e conquistar sua segunda vitória diante de norte-americana, ex-TUF 23

V. Sucuri (esq) pega J. Moyle (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)

V. Sucuri (esq) pega J. Moyle (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)

A brasileira Viviane “Sucuri” Pereira terá a oportunidade de lutar pela primeira vez no Brasil com o Ultimate, no dia 3  de junho, quando enfrenta Jamie Moyle no UFC 212, no Rio de Janeiro. Está é a segunda luta entre mulheres anunciada para o segundo evento da organização em terras brasileiras neste ano. Claudinha Gadelha já havia assinado para enfrentar Karolina Kowalkiewicz, em duelo que deve integrar a porção principal do show. Ambos os combates serão válidos pela divisão palha (até 52 kg.).

Veja Também

Marlon Moraes fará sua estreia no UFC em junho, no Rio. (Foto: Divulgação/WSOF)
Marlon Moraes fala em ‘sonho realizado’ após acerto com o UFC
Fortuna (esq) e Johnson (dir) se enfrentam em julho.  (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Fortuna volta aos meio-pesados e enfrenta Johnson no TUF 25 Finale
Whittaker vem de sete vitórias consecutivas no UFC (Foto: Josh Hedges/UFC)
Após nocautear Jacaré, Whittaker traça objetivo: ‘Quero o cinturão’

Invicta com 12 vitórias na carreira, Sucuri tem apenas uma luta no Ultimate. A brasileira começou sua trajetória na promoção em grande estilo ao superar, por decisão dividida, a canadense Valerie Letorneau no UFC 206, em dezembro do ano passado. Letorneau, que não bateu o peso para o duelo com Viviane, já desafiou a atual campeã dos palhas Joanna Jedrzejczyk, mas perdeu na decisão unânime.

Já Moyle começou sua carreira no UFC pelo The Ultimate Fighter, sendo treinada por Jedrzejczyk na 23ª temporada do show. Ela venceu uma e perdeu uma na casa e fez sua estreia oficial no evento também com vitória, sobre Kailin Curran. A norte-americana tem um cartel de quatro vitórias e uma derrota.

O UFC 212 terá como luta principal um duelo pela unificação do cinturão peso pena. O campeão linear José Aldo volta a lutar no Rio de Janeiro e pega o dono do título interino, Max Holloway. Anderson Silva, que lutaria com Kelvin Gastelum, está sem adversário, mas deve permanecer no evento. Outros combates já confirmados incluem a estreia do ex-campeão do WSOF Marlon Moraes, que enfrenta o compatriota Raphael Assunção e uma luta peso médio entre Antônio Carlos Cara de Sapato contra Eric Spicely.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário