Ultimate planeja revanche entre Jon Jones e Cormier para o UFC 214

Dana White, presidente do Ultimate, revelou que pretende marcar revanche par ao UFC 214, dia 29 de julho, em Anaheim (EUA)

Cormier foi derrotado por Jones em janeiro de 2015. (Foto: Divulgação/UFC)

Cormier foi derrotado por Jones em janeiro de 2015. (Foto: Divulgação/UFC)

A aguarda revanche entre Jon Jones e Daniel Cormier pode, enfim, sair do papel. Dana White, presidente do UFC, revelou que a intenção é agendar o duelo pelo título dos meio-pesados para o UFC 214, dia 29 de julho, que acontecerá na cidade de Anaheim, na Califórnia (EUA). Contudo, o dirigente ressaltou que caso Jones não esteja disponível na data, poderá ser “passado para trás” por Jimi Manuwa.

Veja Também

Jones (dir.) e Cormier (esq.) são desafetos declarados. Foto: Josh Hedges/UFC
Cormier afirma que só enfrenta Jon Jones em card com McGregor
D. Cormier (foto) não gostou de saber que J. Jones estará no UFC 210 (Foto: Kevin Hoffman/UFC)
Cormier ameaça Jon Jones: ‘É melhor ele não entrar no octógono comigo’

“Daniel Cormier está disposto a lutar no UFC 213, dia 8 de julho, mas esse período não é bom para Jon Jones. Cormier já me disse que poderá enfrentar Jon Jones ou Jimi Manuwa. Se Jones estiver pronto para lutar no dia 29 de julho, no UFC 214, em Anaheim, finalmente veremos a sua revanche contra Daniel Cormier. Caso Jon Jones precise fazer uma luta antes de disputar o cinturão, estamos prontos para colocar Daniel Cormier e Jimi Manuwa frente a frente no UFC 213, dia 8 de julho”, declarou Dana, em entrevista “ESPN” (EUA).

Jon Jones foi suspenso por um ano pela USADA (Agência Antidoping dos EUA) após ter sido flagrado em um exame antidoping na véspera do UFC 200, em julho de 2016. A pena foi aplicada de maneira retroativa, ou seja, o ex-campeão dos meio-pesados poderá voltar ao octógono em julho de 2017. Ele não luta desde abril do ano passado, quando derrotou Ovince St. Preux no UFC 197 e conquistou o cinturão interino dos meio-pesados.

Na primeira vez que se enfrentaram, Cormier foi superado por ‘Bones’ por decisão unânime dos juízes, no UFC 187, em janeiro de 2015. Essa é a única derrota no cartel do atual campeão até 93kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário