Salários de McGregor x Mayweather devem chegar a meio bilhão de reais

Dana White, presidente do UFC, projeta que lutadores podem ganhar valor estratosférico por superluta no boxe

Duelo entre Floyd e McGregor cada vez mais perto de ser fechado. Foto: Reprodução

Duelo entre McGregor (esq) e Floyd (dir) está perto de ser fechado. Foto: Reprodução

O presidente do UFC, Dana White, revelou suas estimativas de quanto Conor McGregor e Floyd Mayweather devem receber caso aceitem fazer uma superluta no boxe. O dirigente, que tem o irlandês sob contrato, disse estar perto de oficializar um acordo que permita que o campeão peso leve do Ultimate migre para a nobre arte. O próximo passo, segundo Dana, é conversar com a equipe do multicampeão de boxe.

Para White, Conor McGregor deverá receber algo em torno de US$ 75 milhões (R$ 236 milhões) para enfrentar Floyd Mayweather, que já saiu oficialmente de sua aposentadoria com a intenção de fechar o combate. Ex-campeão de várias categorias no boxe, o norte-americano receberia mais do que o irlandês: a bolsa de Floyd deve chegar a mais de US$ 100 milhões (R$ 315 milhões). O total ficaria na casa dos US$ 175 milhões, ou R$ 551 milhões.

Veja Também

Johnson (esq) cogitou superluta contra McGregor (dir) (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Após igualar recorde de Spider, Johnson quer superluta contra McGregor
Ronda volta a focar na carreira de atriz (Foto: UFC)
Vídeo: Longe do UFC, Ronda Rousey vive presidiária em série de TV
Bang (esq) x Kuntz (dir): luta sob suspeita (Foto: UFC)
Polícia investiga manipulação de resultado em UFC na Coreia do Sul

“Acho que fechamos o lado do McGregor nos próximos dois dias. Aí, eu me fecho numa sala com o Time Mayweather por alguns dias e veremos o que podemos fazer. (A bolsa) Depende de o quanto esta luta vender. E, se a luta vender tão bem quanto eu acho que pode vender, Floyd vai ganhar acima de US$ 100 milhões (cerca de R$ 315 milhões) e Conor recebe US$ 75 milhões (R$ 236 milhões)”, comentou Dana White, ao programa de TV norte-americano “The Herd”.

Logo depois da entrevista do presidente do UFC, McGregor usou seu Twitter para expressar sua satisfação com a proximidade do acordo. O irlandês escreveu apenas “Grato pelo queijo” – na gíria norte-americana, queijo pode significar dinheiro. Apesar do tom otimista, Dana White admitiu que a luta pode não ser fechada e que está ajudando Conor por tudo que ele já fez pelo Ultimate.

“Ele (Mayweather) sente que é o lado A (lado mais forte da negociação) e deveria receber mais. Ainda não entramos nessa negociação. Eu queria fechar com o McGregor primeiro, porque o McGregor está sob contrato comigo. No final das contas, essa luta faz muito sentido para mim? Não faz. Mas Conor quer muito fazer isso, e eu já disse muitas vezes, o garoto não amarelou e salvou algumas lutas importantes pra gente, então estou dentro. Vamos resolver isso”, declarou o dirigente.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário