Fora do UFC, Roan Jucão descarta aposentadoria: ‘Não penso em parar’

Jucão não teve seu contrato renovado com o Ultimate, mas garantiu que continuará lutando em outras organizações

Jucão não teve seu contrato renovado e está fora do UFC. (Foto: Jeff Bottari/UFC)

Jucão não teve seu contrato renovado e está fora do UFC. (Foto: Jeff Bottari/UFC)

Roan Jucão não faz mais parte do plantel de lutadores do Ultimate. Aos 38 anos, ele encerrou sua trajetória na organização após a derrota para Ryan LaFlare no UFC 208, em fevereiro passado. Contudo, o brasileiro descartou a hipótese de aposentadoria, e garantiu que irá continuar lutando em outras organizações.

Veja Também

WSOF inovará a partir de 2018. (Foto: Divulgação)
Organização de MMA inova e promete salário mensal aos lutadores
McGregor está na lista da revista 'Time' (Foto: Brandon Magnus/UFC)
Conor McGregor aparece em lista dos 100 mais influentes do mundo

“Era minha última luta no contrato. Eu já esperava que o UFC não fosse renovar, mesmo se eu vencesse e fizesse uma luta exemplar. Essa política deles tem cortado atletas que vêm de derrotas ou vitórias, é uma coisa que não dá muito certo. Lógico que a gente queria ter vencido a luta, trabalhei para isso, mas é vida que segue. O UFC é o maior evento do mundo, mas o que gosto de fazer é lutar MMA. A vida continua. Há muitas e muitas organizações pelo mundo… na Rússia, na Coreia, nos Estados Unidos e até no Brasil. Onde tiver um ringue e um cage para me apresentar, se reconhecido e pago, estarei lutando”, declarou Roan, em entrevista ao site ‘Combate.com’.

Apesar de ter realizado apenas três lutas no últimos dois anos, Jucão pretende se manter mais ativo em 2017, e projeta mais três lutas até o fim do ano.

“No momento eu não penso em parar de lutar. Luto enquanto a carcaça aguentar. Estou bem, vou na academia treinar com a molecada e me sinto bem. No dia que eu não arrumar nada, será o momento de parar. Penso em fazer mais duas ou três até dezembro. Serão quatro, no total, contando a que fiz em fevereiro. Pode ser uma em julho, uma em setembro e outra no fim do ano”, concluiu.

Jucão teve duas passagem pelo UFC, acumulando quatro vitórias e cinco derrotas. Ao todo, o atleta da American Top Team tem um cartel profissional com 21 triunfos e 10 revezes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário