Wanderlei Silva pede revanche contra rival Vitor Belfort no Bellator

Ex-campeão do Pride quer 'clássico' do MMA contra o Fenômeno, além de revanches contra Dan Henderson e Rampage Jackson

W. Silva (esq) perdeu para V. Belfort (dir) em 1998 (Foto: UFC)

W. Silva (esq) perdeu para V. Belfort (dir) em 1998 (Foto: UFC)

Wanderlei Silva anunciou recentemente seu retorno ao MMA após um hiato de quatro anos. O ex-campeão do Pride vai enfrentar o arquirrival Chael Sonnen na luta principal do Bellator 180, em junho, mas já está de olho em outros acertos de contas. O brasileiro pretende desafiar antigos rivais em sua nova casa, incluindo Vitor Belfort.

Os dois se enfrentaram na primeira edição do UFC no Brasil, em 1998, e Wanderlei perdeu por nocaute no primeiro round. Os dois chegaram a ter a revanche marcada no Ultimate e foram técnicos da primeira temporada do TUF Brasil. Porém, o Fenômeno se machucou e um segundo duelo nunca aconteceu. Com a aposentadoria iminente de Vitor, Wand pediu para desafiá-lo no Bellator, além de tentar a sorte contra nomes como Dan Henderson e Rampage Jackson.

Veja Também

Wand vai enfrentar Sonnen em junho (Foto:Josh Hedges/UFC)
Wanderlei Silva ameaça Sonnen: ‘Vou jogar ele para fora do cage’
Pitbull reconquistou título do Bellator (Foto: Dave MandelSherdog)
Campeão do Bellator, Pitbull critica título de Aldo e diz que o venceria
Pitbull (esq) e Campos (dir) se enfrentam em julho (Fotos: Divulgação/Montagem: Super Lutas)
Patricky Pitbull enfrenta Campos na luta principal do Bellator 181

“Eu gostaria de uma revanche contra o Vitor Belfort, “Rampage” Jackson, e contra o Dan Henderson…são vários os adversários que dá para fazer um clássico legal, porque, na verdade, está tendo muita luta, mas não está tendo aquele clássico que a galera para pra ver, que todo mundo quer ver, com uma rivalidade legal, com uma promoção boa. Estão tendo lutas boas, óbvio, mas o clássico mesmo, com lutadores de nome, não tem mais, porque eles estão todos se aposentando, parando, então a gente tem que resgatar esses lutadores de renome, para que através do clássico consigam promover os novos nomes, para que esses novos nomes venham a conseguir se tornar lendas, fazendo clássicos no futuro para a gente”, comentou o “Cachorro Louco” em entrevista ao site da Fox Sports.

Mesmo sem lutar desde 2013 e em litígio com o UFC, Wanderlei fará sua estreia no Bellator logo na luta principal do maior evento da história da companhia. O Bellator 180 será o primeiro show da organização em Nova York e será distribuído, na América do Norte, através do serviço de pay-per-view. Wand foi só elogios aos novos patrões, e garantiu que a 180ª edição do Bellator baterá recordes do Ultimate.

“O Bellator está crescendo muito, eles estão com um número bem maior agora de eventos, estão começando realmente a fazer os seus campeões, então estão de parabéns. O evento está crescendo cada vez mais, sem dúvida nenhuma. Hoje em dia, o Bellator é colocado em segundo lugar no mundo do MMA, mas nesse próximo dia 24 (de junho, data do Bellator 180) já estão todos dizendo que ele será o primeiro. Nesse dia a gente vai bater o UFC, que cancelou o evento que iria ter para esse dia e trocou a data em sinal de respeito a nós, porque eles estão com medo desse show que a gente vai realizar, que sem dúvidas, vai ser um grande evento”, encerrou o brasileiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário