Escalado para o UFC 212, Cara de Sapato sonha lutar com Weidman

Campeão do TUF diz que ex-campeão tem 'histórico' com brasileiros e pretende ser o primeiro a vencê-lo

Cara de Sapato (foto) enfrenta E. Spicely no Rio Foto: Divulgação/UFC

Cara de Sapato (foto) enfrenta E. Spicely no Rio Foto: Divulgação/UFC

Antônio Carlos “Cara de Sapato” já está olhando para frente. Mesmo diante de um difícil desafio em Eric Spicely, com quem luta no UFC 212, no Rio, o brasileiro pensa em novos e maiores desafios. Sem desrespeitar o norte-americano, o campeão do TUF Brasil 3 pretende desafiar o ex-campeão do mundo Chris Weidman caso vença seu próximo combate.

Veja Também

V. Belfort (esq) pega N. Marquardt (dir) no Rio (Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Vitor Belfort fará última luta contra Nate Marquardt no Rio
Glover (foto) falou sobre o crescimento de Manuwa(Foto: UFC)
Glover reclama de ‘moral’ para Jimi Manuwa: ‘Não fez o suficiente’
GSP mostrou físico 'diferente' durante treinamento. (Foto: Reprodução)
Vídeo: Com ‘barriga saliente’, St. Pierre mostra bastidores de treino

Cara de Sapato diz que o “All-American” tem um histórico positivo com lutadores brasileiros e gostaria de mudar isso. De fato, Weidman, venceu Anderson Silva duas vezes, além de passar por cima de Vitor Belfort e superar Lyoto Machida na decisão unânime – todas as lutas foram pelo título dos médios.

“Quero muito crescer na categoria. Eu era muito imaturo quando entrei no UFC, tinha só três lutas como profissional de MMA, apesar de muita experiência no jiu-jítsu. Então, nesse tempo de casa, consegui muita experiência e, a cada dia, cada luta, vou melhorando. Estou indo para minha oitava luta no UFC e isso traz maturidade. Hoje, sou um lutador mais completo, experiente e feliz. Por isso, tenho certeza que vou conseguir essa vitória no Rio e, depois, quero enfrentar o Chris Weidman. Ele tem uma história com os brasileiros e quero ficar frente a frente com ele”, comentou o faixa-preta de jiu-jitsu em entrevista ao site do canal Combate.

Após vencer o TUF Brasil 3 entre os pesos pesados, Cara de Sapato desceu para os meio-pesados e sofreu a primeira derrota de sua carreira contra Patrick Cummins. Depois da luta, voltou a baixar de categoria, chegando aos médios, onde fez cinco lutas até agora, com três vitórias, uma derrota e um duelo sem resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário