Em discussão com Cormier, Jon Jones dispara: ‘Eu tirei o seu selo’

Ex-campeão provocou arquirrival e atual dono do cinturão ao lembrar de sua única derrota no MMA, ocorrida no UFC 182

Cormier (dir.) e Jones (esq.): mais discussão pela internet (Foto: Josh Hedges/UFC)

Cormier (dir.) e Jones (esq.): mais discussão pela internet (Foto: Josh Hedges/UFC)

Ainda sem oficializar a revanche, que pode acontecer no UFC 214, Daniel Cormier e Jon Jones seguem trocando insultos através das redes sociais. O ex-campeão começou a discussão ao dizer que mal esperava para arrebentar a boca do arquirrival. DC, então, percebendo que “Bones” havia usado o verbo “to pop”, em inglês, provocou-o com outra conotação à palavra, que pode ser utilizada para se referir a testar positivo em alguma exame.

Veja Também

Cormier ameaçou arquirrival (Foto: Harry How/UFC)
Cormier fala sobre revanche com Jones: ‘É agora ou nunca’
B. Correia (foto) vem de empate com M. Reneau (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)
Bethe garante que pode nocautear Holm: ‘Ela é superestimada’
Hendricks (dir) foi derrotado por St. Pierre (esq) em 2013 (Foto: Getty Images)
Hendricks mira revanche com GSP: ‘Quero aposentá-lo novamente’

“Engraçado que você usou essa palavra “pop”, igual “pop positive” (testar positivo), “pop a molly” (tomar ecstasy), “pop a cialis” (tomar ciális, remédio para disfunção erétil que Jones teria utilizado). Posso continuar falando por dias”, comentou Cormier, em seu Twitter.

Ao ver a réplica do campeão, Jon Jones o elogiou, ironicamente, e fez questão de lembrar que a única derrota no cartel de Cormier é para ele próprio. Os dois lutaram no UFC 182, quando “Bones” ainda era o campeão e DC perdeu a única luta de sua carreira no MMA, por decisão unânime.

“Até que enfim uma piada decente. Não vamos nos esquecer que eu tirei seu selo”, provocou Jones.

Após o UFC 182, o então campeão meio-pesado se envolveu em um acidente de trânsito, onde quebrou o braço de uma mulher grávida e fugiu da cena, por estar intoxicado. Depois disso, ele teve seu cinturão retirado pelo próprio Ultimate e Cormier virou o novo detentor do título após vencer Anthony Johnson no UFC 187. DC não perdeu desde então, e Jones só lutou uma vez, contra Ovince St. Preux pelo título interino.

Apesar da vitória sobre OSP, Jones acabou não tendo a chance de unificar os cinturões, pois foi pego em teste antidoping dias antes do UFC 200, quando faria a revanche com Cormier. Suspenso por um ano, “Bones” pode voltar a lutar em julho.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário