St. Pierre, sobre Dana White: ‘Está tentando me pressionar’

Canadense acredita que ainda conseguirá enfrentar o campeão Michael Bisping apesar de o presidente do UFC ter cancelado a luta

 

St. Pierre ainda acredita em luta com Bisping (Foto: Reprodução/Twitter)

St. Pierre ainda acredita em luta com Bisping (Foto: Reprodução/Twitter)

Após saber da intenção de Dana White, que quer cancelar sua luta com o campeão dos médios Michael Bisping, Georges St. Pierre reagiu de forma incrédula. O canadense garantiu que segue querendo enfrentar o dono do cinturão e acha que o britânico também quer lutar com ele.

Veja Também

Bisping (esq) e Romero (dir) vão se enfrentar pelo cinturão (Foto: Reprodução/Instagram)
Dana desiste de esperar por GSP e anuncia Bisping x Romero pelo cinturão
D. Maia (foto) enfrenta T. Woodley no UFC 214 (Foto: Reprodução/ Twitter/UFC)
Vídeo: Demian aposta em estratégia para bater Masvidal
Ponzinibbio (dir) e Nelson (esq) se enfrentam em julho. (Foto: Divulgação/Twitter-UFC)
Ponzinibbio enfrenta Gunnar Nelson na luta principal do UFC Glasgow

Para GSP, o presidente do UFC pode ter anunciado o cancelamento do duelo como forma de pressioná-lo. Recentemente, St. Pierre avisou que só poderia enfrentar Michael Bisping a partir de outubro, o que irritou os principais lutadores da divisão dos médios. O ex-campeão Luke Rockhold sugeriu até uma greve entre os principais nomes da categoria até que Bisping lutasse novamente.

“Eu quero lutar com Michael Bisping e acho que Bisping também quer lutar comigo. Eu acabei de saber dessa notícia. Não sei o que dizer. Eu acho que foi uma resposta emocional de Dana White. Ou então é uma tentativa de Dana de me pressionar. Nesse esporte, entre os lutadores, quando um deles consegue uma oportunidade, isso acaba deixando mais lutadores tristes do que felizes. É a natureza do esporte individual. Já estive nessa posição”, comentou St. Pierre ao site norte-americano MMA Fighting.

Com a saída de GSP do duelo com Bisping, o próximo desafiante ao cinturão dos médios será Yoel Romero. O cubano está invicto no UFC, conseguindo oito vitórias, desde que assinou com a organização, em 2013. Seu último triunfo foi um nocaute fulminante sobre o ex-campeão Chris Weidman no histórico UFC 205.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário