Demian vence Masvidal e garante chance pelo título dos meio-médios

Brasileiro teve duelo com o campeão Tyron Woodley confirmado por Dana White após superar cubano-americano na decisão dividida

Demian vai disputar o cinturão dos meio-médios (Foto: Reprodução/Facebook)

Demian vai disputar o cinturão dos meio-médios (Foto: Reprodução/Facebook)

O brasileiro Demian Maia superou adversidades e, em duelo equilibradíssimo, conseguiu vencer Jorge Masvidal no UFC 211, evento realizado na noite deste sábado (13), em Dallas, e garantiu sua chance pelo título meio-médio do UFC. A vitória veio por decisão dividida, com um dos jurados dando o triunfo para o cubano-americano, que surpreendeu pela defesa apurada na luta de chão. O próprio brasileiro revelou que sua próxima luta será contra o campeão Tyron Woodley na entrevista pós-luta, depois de ter conversado rapidamente com Dana White, ainda no octógono.

Veja Também

Joanna segue como campeã (Foto: Reprodução/Twitter)
Bate-Estaca mostra raça, mas é derrotada por Joanna no UFC 211
S. Miocic segue como campeão do mundo (Foto: Facebook/UFC)
Cigano não resiste a Miocic e é nocauteado no UFC 211
D. Maia (esq) venceu J. Masvidal (dir) (Foto: Reprodução/Twitter UFC Brasil)
Vídeo: Veja como Demian venceu Masvidal e conquistou luta pelo título

“Dana White acabou de me confirmar que terei minha chance pelo cinturão. Fui ali falar com ele e dizer: “Dana, sou o brasileiro com mais vitórias seguidas no UFC, com sete. Está na minha hora, por favor, me dê uma chance pelo título”, e ele disse “É sua”. Então, quero agradecer a Deus e aos fãs, que sabem que sempre vou para finalizar, mas nem sempre é possível”, comentou o brasileiro, que também elogiou muito Masvidal.

“Eu sinceramente achei que seria mais fácil levá-lo para baixo e finalizá-lo. Posso dizer, com toda certeza, que Jorge Masvidal é um dos melhores lutadores de jiu-jitsu que eu já enfrentei no UFC”.

A LUTA

Demian Maia começou a luta fintando a trocação, tentando achar a distância para buscar a queda. Masvidal tentou atraí-lo para a trocação, mas o brasileiro conseguiu o clinch. Após o cubano-americano resistir à queda, Maia chegou a puxar guarda, antes de conseguir cair por cima. Com alguns movimentos, Demian chegou às costas de Masvidal e mochilou o adversário, buscando o mata-leão. “Gamebred” soube defender os ataques e, no fim do round, tirou Maia das costas e conectou golpes duros no brasileiro.

No segundo assalto, cansado com o esforço feito nos primeiros cinco minutos, Demian Maia começou sofrendo com a técnica superior de Masvidal em pé, principalmente com os chutes baixos do cubano-americano. Após duas tentativas frustradas de queda, Maia conseguiu levar a luta para o chão, puxando guarda e depois raspando o adversário, novamente chegando às costas de “Gamebred” e terminando o round buscando melhorar sua posição.

Demian resolveu mudar sua estratégia no terceiro assalto, buscando fintar mais a trocação, deixando Masvidal confortável em pé para depois buscar a queda. Após absorver alguns chutes altos, o brasileiro conseguiu chegar ao chão, chegou a encaixar um mata-leão, mas sem estar com os dois ganchos colocados, Masvidal escapou. Depois, Maia conseguiu dominar as costas do cubano-americano e ficou novamente perto de finalizar, mas o tempo acabou.

Outras lutas:

Na abertura da porção principal do UFC 211, o ex-campeão médio e meio-pesado do WSOF fez o seu retorno ao Ultimate contra o polonês Krzysztof Jotko e venceu em uma luta de baixo nível técnico e com pouca emoção. No segundo duelo, Frankie Edgar dominou completamente a promessa Yair Rodríguez, usando seu wrestling de primeira linha para manter o mexicano no chão e cotoveladas para interromper o combate no segundo round.

“Yair vai ser uma estrela, mas não ainda. Ele vai ficar bem, é um excelente atleta, com um futuro promissor. Quero dedicar essa luta a meu treinador, o também lutador Nick Catone, que perdeu seu filho na semana passada. Só quero ir para casa e abraçar meus filhos. Obrigado, Texas!”, comentou o ex-campeão dos penas, que admitiu querer uma terceira luta contra José Aldo.

“Vou estar no Brasil para apoiar meu amigo Marlon Moraes, então vou ver Aldo x Holloway de perto. Certamente quero enfrentar o vencedor. Se for Holloway, ótimo, mas se for Aldo, também quero uma nova chance de vencê-lo”, declarou.

Resultados UFC 211

Peso meio-médio: Demian Maia venceu Jorge Masvidal por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Frankie Edgar venceu Yair Rodriguez por nocaute técnico (interrupção médica)

Peso médio: David Branch venceu Krzysztof Jotko por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Eddie Alvarez x Dustin Poirier – Sem resultado (golpe ilegal, acidental)

Peso pena: Jason Knight venceu Chas Skelly por nocaute técnico aos 39s do R3

Peso pesado: Chase Sherman venceu Rashad Coulter por nocaute aos 3m36s do R2

Peso leve: James Vick venceu Marco Polo Reyes por nocaute técnico aos 2m39s do R1

Peso palha: Cortney Casey venceu Jessica Aguilar por decisão unânime (3x 30-27)

Peso pena: Enrique Barzola venceu Gabriel Benítez por decisão unânime (3x 29-28)

Peso meio-pesado: Gadzhimurad Antigulov venceu Joachim Christensen por finalização (mata-leão) aos 2m21s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário