Aposentada, ex-campeã Miesha Tate descarta retorno em nova divisão

Norte-americana não se empolga em voltar a lutar com a abertura da categoria feminina dos moscas

M. Tate se aposentou no ano passado (Foto: Reprodução/Twitter M. Tate)

M. Tate se aposentou no ano passado (Foto: Reprodução/Twitter M. Tate)

Ex-campeã peso galo do UFC, Miesha Tate anunciou sua aposentadoria no fim do ano passado após perder seu título para a brasileira Amanda Nunes e, logo depois, ser derrotada por Raquel Pennington, sua pupila na 18ª temporada do The Ultimate Fighter. Nem a abertura de uma categoria mais leve, e a chance de buscar um novo cinturão e fazer história, parece ter animado a ex-lutadora

Veja Também

Rockhold está irritado com o Ultimate Foto: Reprodução/Twitter L. Rockhold
Rockhold volta a criticar Dana White: ‘Pense antes de abrir a boca’
Ju Thai enfrenta A. Ribas em julho (Foto: Reprodução Twitter J. Lima)
Ju Thai enfrenta estreante em duelo de brasileiras no TUF Finale
Thominhas vai enfrentar Rivera em julho (Foto: Twitter/ UFC Brasil)
Thomas Almeida prevê duelo violento contra Rivera: ‘A porrada vai comer’

Mesmo após a aposentadoria, Tate admitiu que não descarta um retorno no futuro, comentando que pensa com seu coração e que “ele gosta de lutar”. Porém, a introdução do peso mosca (até 57 kg.) no Ultimate não fará com que Miesha volte.

“Não há peso ou dinheiro que me faça voltar ao esporte. A única coisa, como já falei, que me tentaria a voltar é meu coração, que eu sempre ouço. Mas não me interesso em fazer o corte de peso para 57 kg., honestamente. Se for para retornar, acho que seria mais fácil me ver até 66 kg. (peso pena, outra categoria recém-inaugurada). Cortei peso a minha vida toda, primeiro nas competições de wrestling e depois no MMA e é exaustivo. Prefiro não cortar nenhum peso do que cortar peso. A divisão de moscas não me interessa”, comentou Tate em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

Após se aposentar do MMA, a ex-campeã tem se dedicado a apresentar seu próprio podcast, o “The Miesha Tate Show”, além de aparecer como comentarista do UFC em programas especiais do canal norte-americano FOX Sports, que tem os direitos de transmissão do Ultimate nos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário