Ponzinibbio: ‘Vitória sobre Gunnar Nelson me coloca perto do cinturão’

Embalado com quatro vitórias consecutivas, argentino acredita que triunfo sobre Nelson o deixará próximo do topo

Ponzinibbio vem de quatro vitórias consecutivas (Foto: Divulgação/Facebook)

Ponzinibbio vem de quatro vitórias consecutivas (Foto: Divulgação/Facebook)

Atravessando a melhor fase da carreira, Santiago Ponzinibbio se prepara para a luta mais relevante dentro do Ultimate. Agendado para enfrentar Gunnar Nelson na atração principal do UFC Glasgow, dia 16 de julho, na Suécia, o argentino garante estar pronto para enfrentar os melhores da categoria dos meio-médios (até 77kg). Confiante na vitória, ele garante que uma vitória sobre o islandês o deixará próximo de seu maior objetivo: o cinturão da categoria.

Veja Também

Ponzinibbio (dir) e Nelson (esq) se enfrentam em julho. (Foto: Divulgação/Twitter-UFC)
Ponzinibbio enfrenta Gunnar Nelson na luta principal do UFC Glasgow
Dana revelou que GSP deve lutar pelo título até 77kg. (Foto: Reprodução/Youtube)
Dana White afirma que St. Pierre lutará pelo cinturão dos meio-médios

“Eu esperava uma grande luta, porque venho de quatro vitórias (Andreas Stahl, Court McGee, Zak Cummings e Nordine Taleb), sendo dois nocautes no primeiro round e duas decisões unânimes dos juízes na casa dos meus adversários. Já esperava por uma luta importante, e estou feliz por estar na luta principal contra um grande lutador como Gunnar Nelson. Nós vamos lutar MMA, e não jiu-jítsu. São esportes diferentes. Tenho ótimos treinadores de jiu-jítsu, parceiros de treino, e eu venho treinando jiu-jítsu há anos. Meu chão está justo, no ponto. Se ele me der uma abertura, eu pego e finalizo. Será um passo a mais em direção ao cinturão. Meu foco é em Gunnar Nelson, mas sem dúvidas uma vitória me coloca mais perto do topo. Espero enfrentar um top 5 até o fim do ano, para me aproximar ainda mais do cinturão, que é o meu objetivo final”, declarou, em entrevista ao site “MMA Fighting”.

Conhecido por seu forte jogo na trocação, Santiago terá um confronto de estilos contra Nelson, uma vez que o rival tem no jiu-jítsu seu maior trunfo. No entanto, o hermano garante que está preparado para atuar em qualquer área do jogo.

“Além de ter uma bela história no UFC, ele tem um ótimo jogo de pés e uma mão direita dura, mas o seu ponto forte é o jiu-jítsu. Eu sei o que ele vai tentar fazer comigo. Ele não vai tentar me surpreender e trocar golpes. Quando sentir a pressão, ele vai tentar me derrubar. Mas estou bem treinado, e ainda tenho mais nove semanas para trabalhar. Estarei na minha melhor forma. Este é o melhor momento da minha carreira, e não estou preocupado com o que ele é bom. Acredito em mim e nos meus treinadores”, garantiu Ponzinibbio, que completou exaltando a importância de seus parceiros de treinamento da academia American Top Team durante sua preparação para a batalha.

“Tenho Rodolfo Vieira e Antônio Cara de Sapato aqui. Para que precisaria trazer mais especialistas no chão? Tenho excelentes companheiros de treino na academia, e estarei pronto para a luta. Tenho tudo de que preciso aqui, então estou tranquilo. Sei que tenho poder de nocaute e estarei pronto para cinco rounds se for necessário, mas um nocaute ou uma finalização são consequências. Se a vitória vier mais cedo, ótimo. Tenho a estratégia perfeita”, concluiu.

Esse será o primeiro main event de Ponzinibbio na organização. Aos 30 anos, o Argentino Gente Boa atravessa ótima fase, com quatro vitórias consecutivas, a mais recente sobre Nordine Taleb no UFC Halifax, em fevereiro deste ano. No Ultimate, já são oito combates realizado, com seis triunfos – três por nocaute – e duas derrotas. Ele foi finalista do TUF Brasil 2, mas foi impedido de lutar na final do programa após se lesionar.

CARD DO UFC GLASGOW (até o momento):

Peso meio-médio: Gunnar Nelson x Santiago Ponzinibbio

Peso meio-pesado: Paul Craig x Khalil Rountree

Peso palha: Joanne Calderwood x Cynthia Calvillo

Peso médio: Jack Marshman x Ryan Janes

Peso pesado: Mark Godbeer x Justin Willis

Peso médio: Charlie Ward x Galore Bofando

Peso galo: Brett Johns x Mitch Gagnon

Peso leve: Steven Ray x Paul Felder

Peso meio-médio: Danny Roberts x Bobby Nash

Peso mosca: Neil Seery x Alexandre Pantoja

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário