Pedro Munhoz e Netto BJJ vencem no card preliminar do UFC Suécia

Brasileiros têm atuações seguras e garantiram o 100% de aproveitamento do Brasil no card preliminar do UFC Suécia

Munhoz venceu a terceira consecutiva no Ultimate (Foto: Facebook/UFC)

Munhoz venceu a terceira consecutiva no Ultimate (Foto: Facebook/UFC)

O Brasil teve 100% de aproveitamento no card preliminar do UFC Estocolmo, realizado neste domingo (28), na Suécia. Os representantes brasileiros foram o peso galo Pedro Munhoz e o peso leve Netto BJJ, que derrotaram Damian Stasiak e Reza Madadi, respectivamente, e se mantiveram em boa fase na organização.

Na luta que fechou a porção preliminar, Munhoz teve mais uma atuação segura ao superar Stasiak na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28). Essa foi a terceira vitória consecutiva do paulista, que está em 12º no ranking dos leves. O polonês, em contrapartida, perdeu a segunda em quatro lutas no Ultimate.

Veja Também

Siga os resultados do UFC Suécia. Foto: Reprodução Facebook/UFC
UFC Suécia – Alexander Gustafsson x Glover Teixeira – Resultados
R. Madadi (esq.) e Neto BJJ (dir.) esquentaram o clima na pesagem do UFC Estocolmo. Foto: Reprodução / YouTube
Vídeo: Iraniano ‘parte para briga’ com brasileiro em pesagem do UFC Estocolmo

A luta 

Pedrinho iniciou a luta cercando o polonês, disparando chutes na perna. Após alguns momentos de estudo, o brasileiro acertou um bom chute alto em Damian, que se defendeu bem. Stasiak tentou a queda, mas Munhoz se defendeu bem e encaixou a guilhotina, bem defendida pelo europeu. O combate voltou a ficar em pé, com Pedro conectando bons golpes. O duelo se manteve em pé, com vantagem para o brasileiro. Nos segundos finais, Damian aplicou uma queda no brasileiro, mas não teve tempo para trabalhar.

O segundo round começou de maneira semelhante ao primeiro, com Munhoz cercando Damian, enquanto o polonês tentava surpreender no contragolpe. Stasiak passou a se soltar mais no octógono, conectando bons golpes no brasileiro, que pouco atacava. O europeu tentou um chute alto, mas Pedrinho se defendeu, manteve o adversário no chão e tentou ir para as costas, sem sucesso. O duelo voltou a se desenrolar no meio do octógono, com os dois disparado alguns golpes sem contundência.

Munhoz voltou para o assalto decisivo tentando levar a luta para o chão, mas não obteve sucesso. Em pé, acertou golpes duros em Damian, que sentiu. Após defender uma joelhada na linha de cinturão, Pedrinho levou a luta para o chão e ficou na guarda do polonês, que travou as ações até o árbitro tentar recolocar o combate em pé. Pedro voltou a desferir boas joelhadas na cabeça de Stasiak, que balançou novamente. Munhoz aplicou uma linda queda e foi para as costas do rival, tentando encaixar o mata-leão, sem sucesso. Nos segundos finais, os dois ensaiaram uma trocação franca, mas o gongo final soou.

Netto BJJ supera Reza Madadi em duelo eletrizante 

Netto venceu Madadi em duelo equilibrado (Foto: Facebook/UFC)

Netto venceu Madadi em duelo equilibrado (Foto: Facebook/UFC)

Primeiro brasileiro a subir no octógono, Netto BJJ travou uma batalha eletrizante contra Reza Madadi, cheia de reviravoltas e bem disputada em pé. No final, melhor para o atleta da Evolução Thai, que venceu na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28). Com o triunfo, Netto engatou a terceira no Ultimate e se manteve invicto na carreira, com dez vitórias em dez lutas. Madadi, por sua vez, perdeu pela quarta vez em sete lutas na franquia.

O combate começou com Madadi cercando o brasileiro pelo octógono, mas sem atacar. Netto, aos poucos, começou a conectar alguns golpes no iraniano, que não contra-golpeava. Reza aplicou uma boa queda no brasileiro, que bateu no chão e rapidamente se levantou, mas foi novamente quedado na sequência. Por cima, Reza entrou na guarda do brasileiro, que tentava travar o duelo. No minuto final, BJJ tentou encaixar uma chave de braço, mas não obteve sucesso.

Neto voltou para a segunda etapa mais agressivo, conectando um bom chute no rival. Madadi respondeu com um forte direto no rosto, que levantou a torcida presente. O brasileiro passou e encurralar Reza contra a grade e acertou bons golpes na linha de cinturão. Madadi, por sua vez, conseguiu surpreender com dois contragolpes, incluindo um forte soco rodado. Os dois ensaiaram uma trocação franca, agradando o público sueco. Na reta final, Netto acertou dois chutes altos, mas o iraniano seguia provocando, alegando não ter sentido.

O round decisivo começou com Netto tomando a iniciativa e acertando bons golpes, mas foi surpreendido com uma queda do iraniano. BJJ conseguiu se levantar, mas foi novamente quedado. Madadi permaneceu por cima, mas sem efetividade. Netto se levantou e acertou um potente cruzado em Reza, que foi a knockdown. O brasileiro partiu para cima para tentar definir o combate, mas Madadi conseguiu sobreviver. No minuto final, a luta continua em ritmo acelerado, mesmo com os dois lutadores visivelmente cansados.

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Pedro Munhoz derrotou Damian Stasiak por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28)

Peso médio: Trevor Smith derrotou Chris Camozzi por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×26, 30×26)

Peso leve: Netto BJJ derrotou Reza Madadi por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, (29×28)

Peso meio-médio: Bojan Velickovic derrotou Nico Musoke por nocaute técnico aos 4m37s do R3

Peso meio-médio: Darren Till derrotou Jessin Ayari por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×27)

Peso leve: Damir Hadzovic derrotou Marcin Held por nocaute aos 7s do R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário