UFC Suécia: Gustafsson nocauteia Glover, fica próximo do cinturão e pede noiva em casamento

Após dominar Glover por 20 minutos, sueco nocauteou o brasileiro no R5 da luta principal do UFC Suécia

Gustafsson não deu chances para Glover (Foto: Reprodução/Youtube)

Gustafsson não deu chances para Glover (Foto: Reprodução/Youtube)

O sonho de Glover Teixeira em disputar novamente o cinturão do UFC ficou mais distante. O brasileiro não foi páreo para o jogo de Alexander Gustafsson e foi duramente castigado pelo sueco, que encerrou o combate com um nocaute técnico no quinto round da luta principal do UFC Estocolmo, realizado neste domingo (28), na Suécia.

Veja Também

Munhoz venceu a terceira consecutiva no Ultimate (Foto: Facebook/UFC)
Pedro Munhoz e Netto BJJ vencem no card preliminar do UFC Suécia
Siga os resultados do UFC Suécia. Foto: Reprodução Facebook/UFC
UFC Suécia – Alexander Gustafsson x Glover Teixeira – Resultados

Com a vitória, Gustafsson se coloca, pela terceira vez, próximo ao posto de desafiante ao cinturão dos meio-pesados. Ele já disputou o título em duas oportunidades, mas foi derrotado por Jon Jones, em 2013, e por Daniel Cormier, em 2015. Na entrevista pós-luta, o sueco elogiou o brasileiro, mas ressaltou sua atuação.

“Glover é um grande lutador e uma honra receber ele aqui. Ele bate muito forte, tem ótimas combinações, mas meu uppercut funcionou. Hoje era o meu dia”, declarou o vencedor.

Ainda no octógono, Gustafsson aproveitou a ocasião favorável e pediu sua noiva em casamento, para delírio do público presente na arena.

Glover, por sua vez, sofreu o segundo nocaute em três lutas. Aos 37 anos, o brasileiro sofreu sua quarta derrota em 13 lutas no Ultimate.

A luta

O duelo começou animado, com os dois lutadores tomando a iniciativa. Glover agarra o rival e aplica uma linda queda, mas Gustafsson se levantou na sequência. O brasileiro conecta um forte soco de direita no sueco, que corre pelo octógono. Teixeira tenta encurtar a distância, mas Gustafsson acerta um dedo ilegal no olho esquerdo de Glover, obrigando o árbitro interromper a luta por alguns instantes. A luta voltou no centro do octógono, com Alexander conectando um belo gancho no queixo do brasileiro, que balançou. Glover seguiu caçando o sueco, que literalmente corria pelo octógono. No minuto final, o mineiro tentou levar a luta para o chão, sem sucesso.

Glover voltou para a segunda etapa de maneira semelhante, controlando as ações, mas foi surpreendido com outro golpe certeiro no queixo. Gustafsson, mais uma vez, passou a correr pelo cage, com o brasileiro o caçando. Com os dois no meio do octógono, Alexander acertou uma bela sequência de golpes, levando o brasileiro a knockdown. Glover, no entanto, conseguiu sobreviver à blitz do europeu. Os dois voltaram para o centro, com Glover indo para cima e apostando na mão pesada. Gustafsson seguiu evitando a trocação franca até o gongo soar.

No primeiro minuto da terceira etapa, Gustafsson, de novo, acertou um potente gancho no queixo de Glover, que caiu. O sueco foi para a guarda do brasileiro e passou a desferir cotoveladas, mas Teixeira resistiu ao castigo, raspou e conseguiu ficar em pé. Mas por pouco tempo, uma vez que Alexander aplicou a queda e levou a luta novamente para o solo. Guerreiro, Glover conseguiu levantar outra vez. Os dois ficaram se estudando no centro do octógono, com o sueco conectando bons golpes.

A quarta etapa começou de maneira mais calma, com os dois se arriscando pouco. Gustafsson levou a luta para a grade e passou a pressionar o brasileiro, que não mostrava forças para reagir. O duelo voltou para o centro do octógono, com o Glover tentando trocar na curta distância. Alexander, no entanto, seguiu frustrando o rival, que sofria com os contragolpes.

Logo no primeiro minuto do último assalto, Gustafsson encerrou de vez as chances do brasileiro. Após uma bela sequência de golpes, o sueco conectou um forte cruzado no brasileiro, que caiu já nocauteado.

Oezdemir surpreende e aplica nocaute relâmpago em Cirkunov 

No segundo duelo mais importante do show, Volkan Oezdemir não deu chances para Misha Cirkunov. Considerado azarão para o duelo, o suíço ‘quebrou a banca’ ao nocautear o canadense em apenas 38 segundos de luta. Essa foi apenas a segunda atuação de Oezdemir no UFC, que estreou derrotando Ovince St. Preux, em fevereiro deste ano. Cirkunov, por sua vez, perdeu a primeira na organização, tendo uma sequência de quatro vitórias quebrada.

Resultados do UFC Suécia: 

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-pesado: Alexander Gustafsson derrotou Glover Teixeira por nocaute técnico aos 1m07s do R5

Peso meio-pesado: Volkan Oezdemir derrotou Misha Cirkunov por nocaute aos 38s do R1

Peso meio-médio: Peter Sobotta derrotou Ben Saunders por nocaute técnico aos do 2m29s R2

Peso meio-médio: Omari Akhmedov derrotou Abdul Razak Alhassan por decisão dividida dos juízes ((30×27, 28×29, 30×27)

Peso meio-médio: Nordine Taleb derrotou Oliver Enkamp por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×28)

Peso médio: Jack Hermansson derrotou Alex Nicholson por nocaute técnico aos do 2m do R1

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Pedro Munhoz derrotou Damian Stasiak por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28)

Peso médio: Trevor Smith derrotou Chris Camozzi por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×26, 30×26)

Peso leve: Netto BJJ derrotou Reza Madadi por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, (29×28)

Peso meio-médio: Bojan Velickovic derrotou Nico Musoke por nocaute técnico aos 4m37s do R3

Peso meio-médio: Darren Till derrotou Jessin Ayari por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×27)

Peso leve: Damir Hadzovic derrotou Marcin Held por nocaute aos 7s do R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário