Após vitória, Gadelha posa com rival e filosofa: ‘Parabéns a todos os atletas’

Brasileira finalizou polonesa no primeiro round em luta pelo UFC 212, mas fez questão de elogiar a adversária

C. Gadelha (dir) elogiou Karolina (Foto: Reprodução Instagram claudiagadelhaufc)

C. Gadelha (dir) elogiou Karolina (Foto: Reprodução Instagram claudiagadelhaufc)

A brasileira Claudia Gadelha dominou completamente o duelo com Karolina Kowalkiewicz no UFC 212 do último sábado (3). Após levar a melhor em pé, a peso palha colocou a luta no chão e finalizou a polonesa ainda no primeiro round. Mesmo assim, Claudinha saiu da luta impressionada com Kowalkiewicz e fez questão de tirar uma foto com sua adversária, além de elogiá-la.

Veja Também

Aldo (dir) não resistiu a Holloway (esq) (Foto: Inovafoto)
Hangout SUPER LUTAS analisa queda de Aldo no UFC 212
Gadelha finalizou ainda no primeiro round (Foto: Reprodução/Facebook UFC).
Vídeo: Veja a finalização de Claudia Gadelha em Kowalkiewicz no UFC 212
M. Holloway levou mais US$ 50 mil para casa Foto: (Reprodução/Twitter ufc_brasil)
Aldo e Holloway ganham bônus de Luta da Noite no UFC 212

Através das redes sociais, a brasileira compartilhou a imagem com Karolina, com as duas sorrindo, e filosofou, agradecendo à polonesa por levar a luta a sério e garantiu que vai contar a seus netos sobre a “batalha” com a polonesa.

“No final de tudo, quando nós lutadores estivermos velhinhos, vamos poder contar sobre nossas batalhas para os nossos netose seremos muito orgulhosos das pessoas que nos tornamos através da luta. Cada uma te torna não só um atleta melhor como também uma pessoa melhor, e é esse o meu objetivo no mundo das artes marciais: evoluir, aprender a acreditar, melhorar, construir, reformar e ajudar. Parabéns a todos os atletas que levam esse esporte a sério e obrigada aos que contribuem para que ele aconteça. Parabéns, Karolina Kowalkiewicz!”

Pela finalização diante de Karolina, Claudinha, número um do ranking peso palha, ganhou US$ 50 mil extras de bônus pela Performance da Noite. Além dela, Brian Kelleher, que finalizou Iuri Marajó, também recebeu o prêmio. José Aldo e Max Holloway ganharam o mesmo valor por Luta da Noite.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário