Wanderlei falta em coletiva do Bellator, e Sonnen provoca o brasileiro

Com ausência do brasileiro, organização resolveu cancelar coletiva para promover o Bellator 180, que acontece dia 24 de junho

Sonnen (esq) e Wand (dir) vão se enfrentar em Nova York ((Foto: Reprodução/Instagram WanderleiSilva)

Sonnen e Wand vão se enfrentar em Nova York ((Foto: Reprodução/Instagram WanderleiSilva)

A rivalidade entre Chael Sonnen e Wanderlei Silva ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (08). O brasileiro era esperado nos Estados Unidos para marcar presença em uma coletiva, ao lado do norte-americano, para promover o confronto que acontecerá no Bellator 180, dia 24 de junho, em Nova York. Contudo, Wand alegou um mal-estar e não viajou. Com a ausência de Silva, a organização optou por cancelar o evento. Sonnen, como sempre, não perdeu a oportunidade de alfinetar o rival.

Veja Também

Ruas saiu em defesa de Wanderlei
(Foto: Reprodução/Facebook MarcoRuas)
Ruas pede inclusão de Wanderlei Silva no Hall da Fama do UFC
Holloway (dir) ultrapassou Aldo (esq) no ranking geral (Foto: Inovafoto)
Aldo despenca no ranking peso por peso do UFC; Holloway sobe para 5º

“Ele não é exatamente um Pavarotti cantando “Pagliacci”. Ele não acrescentaria nada importante mesmo. Eu ia sugerir que ele saísse para lavar meu carro alugado enquanto eu lidava com a imprensa” alfinetou Sonnen, no Twitter.

Wand não atua desde março de 2013, quando nocauteou Brian Stann no UFC Saitama. Ele teve seu retorno agendado para dezembro do ano passado, contra Mirko Cro Cop no Rizin, porém uma lesão o impediu de lutar. Aos 40 anos, o ex-campeão do Pride acumula 35 vitórias, 12 derrotas, um empate e um no contest. Profissional desde 1996, Wanderlei Silva já derrotou nomes como Kazushi Sakuraba, Quinton Rampage Jackson, Ricardo Arona e Michael Bisping.

Sonnen, 39 anos, já realizou uma luta pela franquia: ele foi finalizado por Tito Ortiz no Bellator em 170, em janeiro deste ano. Aos 39 anos, o falastrão norte-americano ganhou fama ao protagonizar uma acirrada rivalidade com Anderson Silva, fato que lhe rendeu a oportunidade de disputar o cinturão peso médio do UFC duas vezes contra o brasileiro, mas acabou derrotado em ambas. Ao todo, Chael acumula 28 triunfos, 15 derrotas e um empate em seu cartel.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário