Bisping surpreende e diz que se aposentará após mais duas lutas

Inglês diz que próximo duelo será contra o vencedor de Whittaker x Romero e pede luta de despedida em casa

M. Bisping só quer lutar mais duas vezes (Foto: Reprodução Facebook Michael Bisping)

M. Bisping só quer lutar mais duas vezes (Foto: Reprodução Facebook Michael Bisping)

Mesmo tendo sido coroado campeão peso médio do UFC há apenas um ano, Michael Bisping parece disposto a se aposentar em breve. O inglês, de 38 anos, é o lutador que mais vezes atuou no Ultimate, com 27 lutas (ao lado de Frank Mir e Tito Ortiz), e pretende fazer apenas mais duas apresentações antes de pendurar de vez as luvas.

Veja Também

Bisping deve enfrentar Whittaker (Foto: Reprodução Facebook/UFC)
Bisping desdenha de Aldo e diz que vitória de Holloway legitima cinturão dos penas
V. Shevchenko busca vingança contra A. Nunes (Foto: Reprodução Facebook Valentina Shevchenko)
Shevchenko promete vitória sobre Amanda na revanche no UFC 213
Holloway (dir) ultrapassou Aldo (esq) no ranking geral (Foto: Inovafoto)
Aldo despenca no ranking peso por peso do UFC; Holloway sobe para 5º

Seu próximo duelo deverá ser pela unificação do título peso médio, já que no UFC 213 do dia 8 de julho Robert Whittaker e Yoel Romero se enfrentam pelo cinturão interino da categoria. Depois disso, independente do resultado, Bisping diz que pretende atuar mais uma vez, em Londres ou Manchester, cidades que o acolheram muito bem durante sua carreira.

“Não sei onde e contra quem vai ser minha próxima luta, mas, infelizmente, não será contra Georges St-Pierre. Provavelmente, será contra o vencedor de Robert Whittaker x Yoel Romero. Mesmo que nada esteja definido ainda, e que minha torcida seja para enfrentar o Whittaker, me vejo vencendo qualquer um dos dois. Agora, vencendo ou perdendo, eu provavelmente faço mais uma luta. Quero dizer adeus em Londres ou Manchester. Os fãs da Inglaterra sempre me trataram muito bem e realmente merecem isso. Os fãs de MMA de lá me abraçaram como um dos seus e isso fez muita diferença na minha carreira”, comentou o inglês durante a gravação do seu podcast “Believe You Me”.

Além de campeão do mundo nos médios, Bisping também venceu a terceira temporada do The Ultimate Fighter, quando ainda lutava entre os meio-pesados. Após derrota para Rashad Evans, o inglês desceu de categoria e bateu na trave diversas vezes até ter sua chance de título no ano passado, quando supreendeu o então campeão Luke Rockhold no UFC 199 e o nocauteou no primeiro round. Em outubro, no UFC 204, Bisping defendeu seu cinturão contra Dan Henderson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário