Nate Diaz provoca McGregor e Mayweather com foto

Norte-americano, arquirrival do campeão irlandês, disse que duelo do inimigo com Floyd valerá o posto de 'número dois'

N. Diaz provocou McGregor (deitado) com foto (Foto: Reprodução Facebook Nate Diaz)

N. Diaz provocou McGregor (deitado) com foto (Foto: Reprodução Facebook Nate Diaz)

O peso leve do UFC Nate Diaz foi irônico ao comentar o anúncio da superluta entre seu arquirrival Conor McGregor e o boxeador Floyd Mayweather, que acontecerá no dia 26 de agosto nas regras do boxe. O norte-americano, primeiro homem a vencer o irlandês no Ultimate, quando o finalizou em março de 2016, no UFC 196, disse que o duelo anunciado seria apenas para descobrir quem é o segundo melhor lutador do mundo.

Veja Também

May-Mac terá coletivas em três países (Foto: Divulgação/Showtime)
Pôster oficial de Conor McGregor x Floyd Mayweather é revelado
C. McGregor pode ser multado (Foto: Reprodução Instagram @thenotoriousmma)
McGregor terá que pagar multa caso aplique golpes de MMA em Mayweather
B. Correia (foto) vem de empate com M. Reneau (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)
Bethe mostra confiança para duelo com Holm: ‘Acredito em um nocaute ou finalização’

Por meio das redes sociais, Diaz ainda reproduziu uma foto em que McGregor aparece caído após ter sido finalizado por ele no UFC 196. Na ocasião, o “Bad Boy de Stockton” surpreendeu ao vencer o irlandês, tendo substituído Rafael Dos Anjos com poucas semanas para se preparar.

Ao programa norte-americano “TMZ”, Nate Diaz ainda colocou em dúvida a realização da trilogia com o rival. Depois de finalizá-lo em março, Diaz perdeu para McGregor por decisão no UFC 202, em agosto, em duelo que ele garante ter vencido.

“Nós vamos ver. Eu tenho muitas coisas acontecendo”, comentou Nate, curto e grosso, ao ser interpelado pela reportagem do programa.

Desde que perdeu a segunda luta para McGregor, Diaz se recusou a retornar ao UFC, dizendo que só volta a lutar MMA se for em um duelo contra o rival irlandês. Conor, por sua vez, lutou mais uma vez depois da vitória na revanche, nocauteando Eddie Alvarez no UFC 205, e se tornando o primeiro lutador a ter dois títulos do Ultimate simultaneamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário