Cinco motivos para assistir o Bellator 180 neste sábado

Entre no clima do Bellator 180 e saiba porque você não pode deixar de acompanhar

Bellator 180 trará ídolos do passado e disputas de cinturão (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Bellator 180 trará ídolos e lutas de título (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

A noite deste sábado (24) promete para os fãs de MMA, O Madison Square Garden, em Nova York, será palco da maior edição da história do Bellator. O evento histórico, recheado de grandes nomes e disputas de cinturão.

Na luta principal, o ex-campeão meio-pesado do Pride Wanderlei Silva estreia na promoção contra o arquirrival e ex-desafiante a dois cinturões do UFC Chael Sonnen. No segundo duelo mais aguardado da noite, o mítico Fedor Emelianenko, considerado o maior peso pesado da história, enfrenta Matt Mitrione.

Veja Também

Bellator realiza maior edição 174 neste sábado. Foto: Reprodução / Twitter / Bellator MMA
Siga as emoções do Bellator 180 com Wanderlei Silva x Chael Sonnen. Ao Vivo!
Sonnen acusou J. Jones (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)
Sonnen descarta rivalidade com Anderson: ‘Wanderlei é meu único inimigo’
Bellator 180 trará ídolos do passado e disputas de cinturão (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)
Após briga, Wanderlei dispara: ‘Vi medo nos olhos do Sonnen’
Douglas enfrenta Larkin no Bellator 180 (Foto: Reprodução/Facebook DouglasLima)
Campeão do Bellator, Douglas Lima garante: ‘Posso bater os caras do UFC’

E não é só isso. Além dos dois grandes eventos da noite, o Bellator 180 trará nada menos que três disputas de cinturão, incluindo uma delas na porção preliminar do show: Ryan Bader, ex-lutador do UFC, encara Phil Davis, campeão meio-pesado do Bellator, pelo cinturão até 93 kg. No card principal, outros dois campeões colocam seus cinturões em jogo. O brasileiro Douglas Lima, dono do título meio-médio, enfrenta Lorenz Larkin, enquanto o rei do peso leve, Michael Chandler, mede forças com Brent Primus.

Além disso, há espaço para duas grandes promessas. Aaron Pico, wrestler gabaritado e boxeador, faz sua estreia profissional contra Zach Freeman, enquanto James Gallagher, tido como o Conor McGregor do Bellator, luta contra o brasileiro Chinzo Machida, irmão de Lyoto, ex-campeão meio-pesado do UFC.

1 – O retorno do Cachorro Louco 

Wand volta após quatro anos fora (Foto: Reprodução/Twitter/BellatorMMA)

Wand volta após quatro anos fora (Foto: Reprodução/Twitter/BellatorMMA)

No auge, Wanderlei Silva era o lutador mais temido do mundo. Campeão meio-pesado do Pride por vários anos, o brasileiro enfileirou adversários do quilate de Kazushi Sakuraba, Rampage Jackson e Hidehiko Yoshida (medalha de ouro no judô). Mais de 10 anos depois, porém, o Cachorro Louco volta ao MMA para provar que ainda pode ser útil. E terá um dos seus maiores rivais pela frente: Chael Sonnen.

Os dois estavam marcados para lutar no UFC, quando chegaram a treinar equipes opostas no TUF Brasil. Problemas com o doping de ambos os lados fizeram com que a luta nunca se materializasse. Após se desligarem do Ultimate, ambos começaram um flerte com o Bellator e, aos poucos, foram sendo introduzidos aos fãs da nova companhia. Neste sábado (24), os dois terão a responsabilidade de liderar o maior evento da história da companhia.

E, para garantir boas vendas de pay-per-view, os dois chegaram a ensaiar uma nova briga, como aquela que ocorreu no set do TUF Brasil e que causou a expulsão do técnico assistente de Wand, André Dida. Desta vez, o presidente do Bellator, Scott Coker, ficou no caminho dos dois. Mas ninguém estará presente ao cage circular no sábado à noite.

2 – O Último Imperador

Aos 40 anos, Fedor é considerado o melhor pesado da história Foto: Divulgação

Aos 40 anos, Fedor é considerado o melhor pesado da história Foto: Divulgação

Em 2003, ainda desconhecido do grande público, Fedor Emelianenko dominou o então imbatível Rodrigo Minotauro e tirou do brasileiro o título peso pesado do Pride. Ali iniciava de fato a trajetória de um dos maiores lutadores da história do MMA. História essa que terá um novo capítulo neste sábado (24), quando o russo enfrenta Matt Mitrione na segunda luta mais importante do Bellator 180.

Fedor chega para o duelo com o ex-UFC em uma fase curiosa de sua carreira. Apesar de vir de cinco vitórias seguidas, o russo não é tido como grande favorito para enfrentar o mediano Matt Mitrione. Isso porque, em sua última luta, quase foi nocauteado pelo meio-pesado brasileiro Fabio Maldonado, que não ganhou a luta na decisão por uma grande incompetência dos juízes laterais.

Ainda que o Último Imperador nunca tenha se dado tão bem nos Estados Unidos (suas três grandes derrotas foram lá), a expectativa do fã de MMA é que ele consiga uma boa performance, pelo menos uma última vez.

3 – Brasileiro defende o título

D. Lima é um dos melhores do mundo (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

D. Lima é um dos melhores do mundo (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Antes de as lendas do Pride entrarem em ação no Bellator 180, o brasileiro Douglas Lima entrará no cage em busca de reconhecimento. Apesar de só ter perdido duas vezes no Bellator, o atual campeão dos meio-médios segue subestimado e fora do radar dos fãs. Mas Lima terá pela frente um atleta mais famoso que ele: o ex-UFC Lorenz Larkin.

Caso consiga passar por “Da Monsoon”, Douglas se coloca como um dos melhores meio-médios do mundo. Para o presidente do Bellator, Scott Coker, porém, o brasileiro já está no topo de sua categoria, independente do evento.

“Douglas Lima é um matador. E, digo mais, trata-se do melhor lutador meio-médio do mundo no momento”, comentou Coker, que já comparou Douglas Lima a Mike Tyson pelo jeito como o brasileiro nocauteia os adversários.

4 – Outras disputas de título

(Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

P. Davis (foto) enfrenta Ryan Bader  pelo título (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Além de Douglas Lima, outros dois campeões do Bellator colocarão seus títulos em jogo no sábado (24). Phil Davis enfrenta Ryan Bader pelo título meio-pesado, enquanto o dono do cinturão dos leves, Michael Chandler, defende sua coroa contra Brent Primus.

O duelo entre Davis e Bader servirá como luta principal da porção preliminar, ou seja, não estará na grande parte do show do Bellator 180. Talvez porque o primeiro encontro entre os dois, ainda no UFC, tenha sido abaixo da expectativa. Dois grandes wrestlers, eles se anularam e a vitória ficou com Bader, que agora precisa de novo triunfo sobre Davis para estrear na nova casa com o pé direito.

Já Michael Chandler segue absoluto como melhor peso leve do Bellator. Após a saída de Eddie Alvarez para o UFC, Chandler se estabeleceu como um dos melhores do mundo e perdeu o título apenas brevemente para Will Brooks, outro que migrou para o Ultimate. Na nova fase, porém, o norte-americano parece imbatível, tendo nocauteado Patricky Pitbull e dominado Benson Henderson. Contra o perigoso Primus, Chandler terá que usar toda sua experiência, contra o desafiante, que tem apenas sete lutas (e sete vitórias) na carreira profissional.

5 – A vez das promessas

J. Gallagher (foto) é comparado a C. McGregor (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

J. Gallagher (foto) é comparado a C. McGregor (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Não são só os veteranos e os astros estabelecidos que entrarão em ação no Bellator 180. O presidente Scott Coker e o matchmaker Rich Chou montaram um card que também desse espaço para jovens promessas do MMA.

Entre elas está o norte-irlandês James Gallagher. Invicto em sua carreira até agora com seis vitórias, o peso pena treina junto com Conor McGregor e tem sido comparado ao “Notorious”. Curiosamente, o lutador de apenas 20 anos enfrenta o brasileiro Chinzo Machida, que tem o dobro de sua idade, apesar de uma luta a mais no MMA. Chinzo, irmão de Lyoto, é condecorado no caratê e perigoso em pé. Um grande teste para Gallagher.

Outra promessa em ação é Aaron Pico. Apesar de não ter nenhuma luta profissional de MMA, o pedigree do norte-americano no wrestling e no boxe fez com que seu treinador Bob Cook o chamasse de “o maior prospecto da história do esporte”. Palavras fortes vinda do homem que descobriu e acompanha Daniel Cormier, Cain Velasquez e Luke Rockhold). Pico, que quase entrou para o time olímpico dos Estados Unidos na luta olímpica antes do 20 anos, enfrentará Zach Freeman, um veterano de 33 anos e 10 lutas de MMA.

Ficha técnica do Bellator 180

DATA E HORÁRIO: 24/06/2017, a partir de 20h (horário de Brasília)

LOCAL: Madison Square Garden, Nova York (EUA)

TRANSMISSÃO: Fox Sports (Card principal)

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Wanderlei Silva x Chael Sonnen

Peso pesado: Fedor Emelianenko x Matt Mitrione

Peso meio-médio: Douglas Lima x Lorenz Larkin

Peso leve: Michael Chandler x Brent Primus

Peso leve: Aaron Pico x Zach Freeman

CARD PRELIMINAR

Peso meio-pesado: Phil Davis x Ryan Bader

Peso pena: James Gallagher x Chinzo Machida

Peso médio: Neiman Gracie x Dave Marfone

Peso mosca: Heather Hardy x Alice Yauger

Peso leve: Ryan Couture x Haim Gozali

Peso médio: Jerome Mickle x Anthony Giacchina

Peso meio-médio: John Salgado x Hugh McKenna

Peso mosca: Matt Rizzo x Sergio da Silva

Peso leve: Bradley Desir x Nate Grebb

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário