Bethe dispara contra rivais: ‘Atraio mais audiência que todas’

Lutadora brasileira ainda falou sobre provocações logo antes de sofrer nocaute para a ex-campeã Holly Holm

B. Correia vem de derrota por nocaute (Foto: Reprodução Facebook UFC)

B. Correia vem de derrota por nocaute (Foto: Reprodução Facebook UFC)

A derrota por nocaute para Holly Holm no UFC Singapura do último dia 17 de junho, não abalou Bethe Correia. Com a auto-estima e confiança sempre em alta, a brasileira garantiu que pretende dar a volta por cima na próxima luta e declarou que é odiada por outras lutadoras do Ultimate pois atrai mais audiência que todas elas juntas.

“Quem me odeia vai ver a Bethe de volta ao octógono e vencendo em breve. De vez em quando, a derrota me faz ainda mais faminta pela vitória, mais ansiosa para voltar e calar a boca dos críticos. Eu acho mesmo que as lutadoras do UFC são as que mais me odeiam. Elas me odeiam e querem lutar comigo. Me odeiam porque sabem que vencendo, perdendo ou empatando eu atraio mais audiências que todas elas juntas”, se gabou Correia, em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting.

A peso galo também falou sobre um momento polêmico da luta com Holm. No terceiro round, quando se sentia mais à vontade na luta em pé, Bethe começou a provocar a norte-americana, que, segundos depois, conectou um chute alto que nocauteou Correia. A brasileira garantiu que a provocação não teve a ver com o nocaute.

“Eu estava ficando à vontade, confiante dentro da luta. Estava achando a distância e aí o chute encaixou. Eu talvez tenha me distraído, acontece. Mas não foi por conta da provocação. Já fiz isso em outras lutas. Eu não prestei atenção em manter a distância correta para evitar os ataques dela. Ela soltou o chute depois de eu provocá-la, quando minha guarda estava alta”, explicou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário