Campeã no boxe e no MMA, Holm não descarta vitória de McGregor

Norte-americana acha que estilo do irlandês pode ser competitivo contra o multicampeão de boxe Floyd Mayweather

Holm (foto) venceu B. Pitbull. Foto: Reprodução/Twitter/UFC_Brasil

Holm (foto) vem de vitória sobre B. Pitbull. Foto: Reprodução/Twitter/UFC_Brasil

Poucos atletas têm o conhecimento de Holly Holm no boxe e no MMA. Campeã mundial nos dois esportes, a norte-americana não se incomodou com o duelo entre o campeão do UFC Conor McGregor e o ex-campeão de boxe Floyd Mayweather. Holm, inclusive, acredita que o irlandês poderá ter bom desempenho contra “Money”, apesar de admitir que as chances de “Notorious” são pequenas.

Veja Também

E. Barboza reclamou de indecisão nos leves (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)
Barboza reclama de McGregor e pede que UFC tire o título do irlandês
Estádio Wembley antes de show (Foto: Reprodução/Facebook/Wembley Stadium)
Wembley abriga primeira coletiva de McGregor x Mayweather
Overeem respondeu as críticas recebidas (Foto: Reprodução/Facebook-AlistairOvereem)
Após ser chamado de trapaceiro, Overeem rebate Hunt: ‘Falastrão’

Na verdade, o incômodo de Holly se dá com os críticos da superluta. Para ela, quanto mais se sabe de boxe, menos se reclama do duelo entre McGregor e Mayweather.

“Quem está reclamando ou debochando dessa luta não conhece nada de boxe. Garanto que será uma boa luta (…) Eu sou o tipo de lutadora que acha que todos têm uma chance. Eu vim do boxe para o MMA e achava que podia me dar bem. E acho que fui bem, cheguei nesse esporte e conquistei coisas. Mayweather está invicto por uma razão, mas creio que tudo pode acontecer em uma luta. Conor tem velocidade e acho que muita gente não consegue lidar com a velocidade de Floyd, mas acho que McGregor consegue lidar também com a velocidade dos adversários. Acho que o estilo de Conor é competitivo contra Mayweather”, declarou a norte-americana, em entrevista ao programa “The MMA Hour”, negando interesse em voltar ao boxe para lutar no mesmo evento da superluta.

“Eu estou totalmente dedicada ao MMA agora. Não sinto mais aquela vontade de lutar boxe, seria difícil. Eu disse a mim mesma que nunca lutaria por dinheiro e sempre pela paixão e minha paixão é o MMA. Então, se eu voltasse ao boxe para lutar no mesmo evento de Floyd x Conor seria apenas pelo dinheiro, então seria pela razão errada. Não tenho mais aquela paixão pelo boxe após tantos anos longe do esporte”, completou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário