Após quatro derrotas seguidas, Dana pede que Travis Browne pare de lutar

Dana White, presidente do UFC, sugeriu que Travis Browne se aposentasse do MMA após sequência de derrotas

Browne vem de quatro derrotas seguidas (Foto: Reprodução/Twitter UFC)

Browne vem de quatro derrotas seguidas (Foto: Reprodução/Twitter UFC)

A má fase do peso pesado Travis Browne parece não ter fim. Ao ser finalizado por Oleksiy Oliynyk no UFC 213, realizado no último sábado (08), em Las Vegas, o noivo de Ronda Rousey amargou sua quarta derrota consecutiva, a sexta nas últimas oito lutas. O péssimo retrospecto recente fez com que Dana White, presidente do Ultimate, sugerisse que o lutador se aposentasse do MMA.

Veja Também

Amanda ignorou críticas de Dana (Foto: Reprodução/Twitter UFC)
Amanda Nunes justifica saída do UFC 213: ‘Tenho sinusite crônica’
D. White não escondeu a frustração com Jones (Foto: Reprodução / YouTube / UFC)
Presidente do UFC dispara contra Amanda Nunes: ‘Foi 90% mental e 10% físico’

“É insano. Travis Browne foi um dos caras que, pouco antes da luta com o (Antônio) Pezão, e até mesmo nessa luta, parecia que seria campeão. Mas é um esporte que você nunca sabe. Em um minuto, você parece invencível e depois não consegue vencer uma luta. (…) Acho que ele deveria se aposentar”, declarou Dana, logo após o UFC 213.

Até o momento, Browne ainda não se pronunciou sobre o novo revés. No UFC desde 2010, o ‘Hapa’, como é conhecido, chegou a ser considerado um dos principais nomes da categoria em 2013, ano em que emplacou três nocautes brutais em sequência contra Gabriel Napão, Alistair Overeem e Josh Barnett. Contudo, foi derrotado por Fabrício Werdum na luta em que era considerada uma eliminatória pelo cinturão. Desde então, o gigante norte-americano não conseguiu emplacar uma boa sequência de resultados. Aos 34 anos, ele soma nove vitórias, sete derrotas e um empate na organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário