Mousasi não chega a acordo com o UFC e assina com o Bellator

Armênio já havia expressado sua insatisfação com oferta do Ultimate e revela que buscará títulos em duas divisões na nova casa

G. Mousasi é o novo lutador do Bellator (Foto: Reprodução/Facebook G. Mousasi)

G. Mousasi é o novo lutador do Bellator (Foto: Reprodução/Facebook G. Mousasi)

O peso médio Gegard Mousasi anunciou, nesta segunda-feira (10), que vai trocar o UFC pelo Bellator. O armênio revelou que assinou um contrato de seis lutas com a nova promoção e que pretende permanecer na categoria até 84 kg., mas que sonha em subir também para os meio-pesados (93 kg.), divisão na qual reinou no Strikeforce antes do fim do evento.

Veja Também

Mir não vai mais lutar no UFC (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Ex-campeão, Frank Mir anuncia que não é mais lutador do UFC
T. Marreta (esq) vence de novo (Foto: Reprodução/Instagram/UFC)
Marreta nocauteia nas preliminares do UFC 213 e desafia Mousasi
Overeem venceu Werdum por pontos (Foto: Reprodução/ Facebook UFC)
Overeem crava respeito por Werdum e revela desejo de lutar no Brasil

“Eu estou animado para ser o campeão peso médio do Bellator em breve. Se eu conquistar isso, vou me animar em subir para o peso meio-pesado e me tornar campeão lá também. Mas, primeiro quero o título dos médios. Esse é o meu objetivo”, comentou o atleta, em entrevista ao programa “The MMA Hour”.

Mousasi, que vem de grande vitória por nocaute técnico sobre o ex-campeão Chris Weidman, já havia revelado sua insatisfação com a oferta de renovação do UFC. Segundo o atleta, o contrato oferecido pelo Ultimate ficou muito abaixo do que ele esperava de aumento por sua sequência de cinco vitórias seguidas – além de Weidman, Uriah Hall e os brasileiros Vitor Belfort, Thiago Marreta e Thales Leites também foram vitimados pelo armênio.

Aos 31 anos, Mousasi tem um vasto currículo, tendo iniciado sua carreira com 17 anos, em 2003, meses antes de chegar à maioridade. Ele passou por grandes eventos como Pride, Dream e Strikeforce, além do UFC. Seu cartel é de 42 vitórias, seis derrotas e dois empates. O armênio deixa o Ultimate como o peso médio número quatro do mundo no ranking da organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário