Ex-campeão de boxe se irrita com McGregor por imagem vazada

Paulie Malinaggi não irá mais ajudar na preparação do irlandês para superluta com Floyd Mayweather, em agosto

C. McGregor em sparring com P. Malinaggi (Foto: Reprodução Instagram ginger_bread_photos)

C. McGregor e P. Malinaggi (Foto: Reprodução Instagram ginger_bread_photos)

Paulie Malinaggi, ex-campeão de boxe, foi recrutado por Conor McGregor para ajudá-lo a se preparar para a superluta contra Floyd Mayweather no dia 26 de agosto. Porém, o recém-aposentado boxeador se irritou com fotos do treino que foram vazadas e resolveu deixar a equipe que auxilia na preparação do irlandês. Em uma das imagens, Malinaggi aparece no chão, enquanto Conor está de pé, sugerindo que ele foi a knockdown durante o sparring.

Veja Também

C. Cyborg (foto) quer defender título contra H. Holm (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)
Cyborg ignora desafio de Zingano e pede luta contra Holly Holm
Oezdemir vem de três vitórias seguidas (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Em alta no UFC, Oezdemir desafia Gustafsson: ‘Vou te nocautear’
Ponzinibbio vem de cinco vitórias seguidas (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Ponzinibbio usa redes sociais para desafiar ex-campeão interino do UFC

As fotos teriam sido vazadas pelo próprio time do campeão do UFC, mas deletadas em seguida. Fãs do lutador, porém, salvaram as imagens e as reproduziram, irritando Malinaggi, que garante que foi superior a McGregor durante as sessões de sparring.

“Não é legal pintar uma imagem que não é verdadeira, isso foi um empurrão durante o sparring. Publique o vídeo na íntegra do round 1 ao 12 sem editar. O UFC tem câmeras por toda a academia filmando 24 horas por dia. Deixe os fãs verem o vídeo original, sem edição, dos rounds 1 ao 12. Eu vim para ajudar no camp, não para ser explorado, mas agora você terá a verdade. Publique o vídeo na íntegra de quinta-feira à noite. Eu, na verdade, acabei com ele 24 horas depois de sair de dois voos, e é por isso que estou falando para publicar o vídeo. Não quero ser mesquinho, mas está um pouco tarde para isso agora”, declarou Malinaggi, em seu Twitter oficial.

O ex-boxeador participou do tour de divulgação da superlut como comentarista e deverá permanecer na equipe que irá transmitir o duelo. Campeão meio-médio da WBA entre 2012 e 2013, Malinaggi se aposentou do boxe neste ano após uma carreira que durou quase 17 anos. Sua última luta foi uma derrota para Sam Eggington em março. Seu cartel foi fechado em 36 vitórias e oito derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário