Rockhold diz que UFC deveria retirar o cinturão de Bisping: ‘Não enfrentou nenhum top’

Rockhold contestou o fato de Bisping não colocar o cinturão em jogo contra nenhum nome da elite dos médios

Rockhold voltou a criticar Bisping (Foto: Reprodução/Instagram LukeRockhold)

Rockhold voltou a criticar Bisping (Foto: Reprodução/Instagram LukeRockhold)

Luke Rockhold parece que ainda não engoliu a derrota para Michael Bisping, que o custou o cinturão dos médios do UFC. Enquanto se prepara para voltar a lutar após mais de um ano parado, o ex-campeão da divisão voltou a criticar o atual detentor do cinturão, afirmando que inglês deveria ser destituído do posto de número 1 por não ter enfrentado nenhum nome da elite da categoria até 84kg.

Veja Também

Duelo vai acontecer dia 16 de setembro (Foto: Divulgação/UFC)
Após um ano parado, Rockhold volta contra Branch no UFC Pittsburgh
Bisping
Bisping revela que duelo com St. Pierre deve acontecer no UFC 217

“O Bisping não enfrentou nenhum top 10 nos últimos 18 meses e não vai enfrentar ninguém no top 10. Onde isso o coloca? Eu acho que (o UFC) deveria destituir caras como ele, que não lutam contra ninguém do topo. Eles destituíram a Germaine de Randamie porque ela não iria enfrentar a desafiante número um. Por que com ele é diferente?”, declarou o lutador, em entrevista à ESPN americana.

A rivalidade entre Rockhold e Bisping já foi resolvida duas vezes dentro do octógono. Na primeira, em novembro de 2014, o norte-americano levou a melhor ao finalizar o rival no segundo round, após controlar todos os momentos do combate. Na revanche, melhor para Bisping, que nocauteou Luke ainda no primeiro round. De lá para cá, Bisping só atuou apenas uma vez, quando derrotou o veterano Dan Henderson no UFC 204, em outubro passado.

Antes do seu revés mais recente, Rockhold, de 32 anos, havia conquistado o cinturão da divisão uma luta antes, no UFC 194, com um nocaute sobre Chris Weidman, em dezembro de 2015. No Ultimate, realizou sete lutas, com cinco vitórias e duas derrotas. Ao todo, possui 15 resultados positivos e três negativos em seu cartel profissional, incluindo uma conquista de cinturão do extinto Strikeforce.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário