Sem cobranças, trio do taekwondo compete na Alemanha

O trio olímpico do taekwondo do Brasil, formado por Márcio Wenceslau (-58kg), Débora Nunes (-57kg) e Natalia Falavigna (+67kg), disputa neste domingo o Aberto de Hamburgo, na Alemanha. Esta será a segunda competição dos atletas na temporada. Em evento-teste realizado em Pequim, somente Débora conquistou a medalha de bronze. Já Natália e Márcio caíram já na primeira rodada.

Para o coordenador-técnico da seleção, Mauro Hideki, porém, ainda não é hora de cobrar resultados. “Tivemos a oportunidade de visualizar um grande contingente de atletas que estarão em Pequim. A participação desta equipe brasileira no Aberto da Alemanha tem como objetivo treinar e trocar informações.”

Para Márcio, a experiência do primeiro torneio da semana passada na China deu mais confiança ao grupo. “Tive mais tempo para treinar e trocar golpes com atletas do Irã, México, Alemanha, Uzbequistão, entre outros. Foi muito válido”, contou o lutador.

Márcio também espantou a pressão por resultados. “A expectativa é de simplesmente lutar bem, não estamos ainda preocupados com os resultados, não é meu objetivo agora.”

Além disso, a oportunidade de participar do evento-teste possibilitou observar a organização das outras delegações. “Pude perceber, inclusive, que em alguns aspectos estamos mais bem preparados que algumas nações”, disse Hideki. Após a participação no Aberto de Hamburgo a delegação brasileira retorna para o Brasil.

Deixe seu comentário