Cormier pede desculpas por duras críticas a Johnson: ‘Errei’

Campeão meio-pesado detonou ex-desafiante por amizade com Jon Jones, 'flagrada' por ele nos bastidores do UFC 214

Cormier (esq) se desculpou com Johnson (dir) (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Cormier (esq) se desculpou com Johnson (dir) (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Daniel Cormier voltou atrás após fazer duras críticas ao comportamento do ex-desafiante Anthony Johnson. O campeão meio-pesado havia reclamado de uma suposta amizade entre “Rumble” e seu arquirrival Jon Jones, além de ter dito que Johnson era “frouxo” por ter se aposentado e voltado atrás pouco tempo depois – o empresário do lutador declarou que ele deve voltar ao UFC em breve, como peso pesado. Após conversar com amigos e familiares, DC pediu desculpas ao lutador.

Veja Também

Duelo acontecerá dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA) (Foto: Divulgação UFC)
Após nocaute em estreia, Gokhan Saki encara pupilo de Anderson Silva no UFC 219
Condit admitiu que pensou em parar de lutar (Foto:Reprodução/Facebook CarlosCondit)
Condit admite que voltará a lutar por dinheiro: ‘Não tenho plano B’
Raoni vai estrar no UFC dia 28 de outubro (Foto: Reprodução/Facebook RaoniBarcelos)
Raoni Barcelos assina com o UFC e estreia em card de São Paulo

Em entrevista ao programa de rádio norte-americano “MMA Junkie Radio”, Cormier disse que não podia exigir que Johnson tivesse a mesma ideia de “competitividade” que ele e, por isso, não condenava o norte-americano por ter amizade com Jones, que seria, em tese, um futuro rival de “Rumble”.

“Conversei com amigos e com a minha família sobre isso. A realidade é que eu estava errado. Não gostei da ação dele, mas por que espero tanto dele? Por que espero que ele não seja capaz de ser respeitoso e ainda competir no nível máximo? Eu me arrependo do que falei. Estava errado. E não deveria ter dito que ele era frouxo. As pessoas encaram a competição de forma diferente e se ele quiser ser cordial e amigável com Jones, que seja. Por que isso me afetaria?”, disse DC, que ainda declarou que espera ver “Rumble” de volta ao octógono após uma aposentadoria precoce.

“Eu já disse isso antes. Espero que ele volte porque ele deveria estar lutando. Ele é tão bom assim. Mas é que foi tão rápido….Parece que ele deveria ter refletido mais antes de se aposentar, já que voltou tão cedo. Mas quem sou eu para escolher quando alguém deve se aposentar? Só tenho um jeito diferente de encarar as coisas, acho”, ponderou o campeão meio-pesado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário