Darren Till nocauteia Cerrone no primeiro round do UFC Polônia

Inglês domina luta desde o começo e deve ser ranqueado pelo UFC entre os meio-médios. Kowalkievicz volta a vencer

D. Till (dir) segue invicto no MMA (Foto: Reprodução Facebook UFC)

D. Till (dir) segue invicto no MMA (Foto: Reprodução Facebook UFC)

O UFC Polônia deste sábado (21) pode ter sido testemunha do surgimento de um novo grande astro. Fazendo sua primeira luta principal, o inglês Darren Till dominou completamente Donald Cerrone, nocauteando o experiente norte-americano no primeiro round em resultado que provavelmente fará seu nome disparar no ranking dos meio-médios. Till chegou em Gdansk fora do ranking, mas o triunfo decisivo sobre o sexto colocado deve deixá-lo, ao menos, no top-10 da divisão.

Veja Também

W. Alves voltou a vencer após duas derrotas (Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil)
Warlley volta a vencer no UFC Polônia; Sertanejo acaba derrotado
Wand (foto) quer Belfort no Bellator (Foto: Reprodução/Facebook Bellator)
Wanderlei quer Belfort no Bellator: ‘Vou te meter a porrada’
C. Boi foi suspenso pela USADA (Foto: Reprodução Instagram carlosboimma)
Mesmo sem estrear, Carlos Boi é suspenso do UFC por dois anos

Após o duelo, o inglês agradeceu a oportunidade dada por Cerrone, falou sobre o poder de suas mãos e ainda desafiou Mike Perry, meio-médio presente a Gdansk, mas já com luta marcada contra Santiago Ponzinibbio.”E

u sou o melhor lutador do mundo, realmente acredito nisso. Olhem para isso. Sou um peso pesado batendo, e estou no corpo de um meio-médio (…) Quero exaltar e agradecer Donald Cerrone porque antes de hoje eu não era ninguém e ele me deu essa oportunidade”, disse.

A derrota por nocaute deixa Cerrone em situação difícil até 77 kg. Após iniciar sua caminhada na nova categoria com importantes vitórias em 2016, o norte-americano perdeu as três lutas que fez neste ano, duas delas por nocaute (Jorge Masvidal e Till) e uma por decisão (Robbie Lawler).

Na segunda luta mais importante da tarde (noite na Polônia), a dona da casa Karolina Kowalkiewicz se recuperou de duas derrotas seguidas e dominou a estreante Jodie Esquibel. Com seu muay thai técnico e muita pressão no clinch, a polonesa não teve problemas para superar a norte-americana e se recoloca entre as principais pesos palha do mundo.

Till fecha a conta no primeiro round

Após um evento recheado de decisões, Till e Cerrone entraram no octógono dispostos a dar um show à torcida que lotou a ERGO Arena, em Gdansk. Mas o inglês mostrou toda sua força ao encurralar Cowboy desde o primeiro minuto, conectando diretos de esquerda duros no queixo do norte-americano e atrapalhando sua movimentação.

Aos poucos, Till foi adquirindo confiança e antevendo os golpes de Cerrone, conseguindo desviar da maioria dos socos e chutes do norte-americano, que chegou a tentar uma queda, sem sucesso. E aí o inglês começou a conectar golpes cada vez mais duros, e Cowboy já não conseguia esconder o incômodo em não conseguir soltar seu jogo.

Foi quando Till acertou uma sequência que abalou Cerrone e o norte-americano acabou dando as costas ao inglês e caindo de cócoras, indicando ao árbitro Marc Goddard, que já não conseguia mais lutar.

Karolina quebra sequência negativa com autoridade

Entrando no octógono com a pressão de buscar uma vitória após duas derrotas seguidas, Kowalkiewicz não deu chances para o azar. Usando seu muay thai tecnicamente mais apurado, ela encurralou Esquibel desde o início, usando ganchos e overhands por cima da guarda da norte-americana e terminando combinações com joelhadas. Apesar de ter resistido bem durante o primeiro round, a estreante acabou sucumbindo à pressão da dona da casa no segundo assalto, e se tornou quase que um alvo fixo.

Durante os 10 minutos finais da luta, Karolina acertou combinações e joelhadas quando quis, chegando, inclusive, a machucar Esquibel em mais de uma oportunidade. No fim do segundo assalto, quase encaixou uma chave de braço, mas o domínio seguiu no mesmo nível no round final. Kowalkiewicz usou sua experiência também para frear os últimos ímpetos de Jodie, que acabou não sendo competitiva e perdendo sua primeira luta pelo UFC.

Resultados do UFC Polônia:

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Darren Till venceu Donald Cerrone por nocaute técnico aos 4m20s do R1

Peso palha: Karolina Kowalkiewicz venceu Jodie Esquibel por decisão unânime (3x 30-27)

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz venceu Devin Clark por finalização (mata-leão) aos 3m02s do R2

Peso médio: Oskar Piechota venceu Jonathan Wilson por decisão unânime (3x 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve:Marcin Held venceu Nasrat Haqparast por decisão unânime (3x 30-27)

Peso galo: Brian Kelleher venceu Damian Stasiak por nocaute técnico no R3

Peso médio: Ramazan Emeev venceu Sam Alvey por decisão unânime (3x 30-27)

Peso pena: Andre Fili venceu Artem Lobov por decisão unânime (3x 30-27)

Peso meio-médio: Warlley Alves venceu Salim Touahri por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Peso galo: Aspen Ladd venceu Lina Lansberg por nocaute técnico aos 2m33s do R2

Peso pena: Josh Emmett venceu Felipe Sertanejo por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-25)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário