Fabrício Werdum é o grande astro do UFC Austrália deste sábado

"Vai Cavalo" é o único representante do MMA brasileiro no evento e busca se aproximar de nova chance pelo cinturão

F. Werdum (esq) pega M. Tybura (dir) (Foto: Reprodução Twitter UFC_AUSNZ)

F. Werdum (esq) pega M. Tybura (dir) (Foto: Reprodução Twitter UFC_AUSNZ)

O fã brasileiro de MMA que sintonizar no UFC Austrália deste sábado (18) em busca de um compatriota para torcer terá que esperar até a luta principal. Em ocorrência rara na organização, o Ultimate aterrisa em Sidney com apenas um atleta do país em ação: o ex-campeão peso pesado Fabricio Werdum, que fará parte da atração principal do show em duelo contra o polonês Marcin Tybura. “Vai Cavalo” busca sua segunda vitória consecutiva após o revés polêmico contra Alistair Overeem e sabe que uma vitória neste sábado irá deixá-lo mais perto da corrida pelo cinturão que já teve entre 2015 e 2016.

Veja Também

UFC 203: Werdum v Browne
Aos 40 anos, Werdum descarta aposentadoria e garante: ‘Vou ser campeão de novo’
J. Jones (foto) criticou Covington (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)
Jones apoia Werdum e dispara contra Covington: ‘Você é triste’
Duelo lidera o card do UFC Austrália neste sábado (Foto:Reprodução/Instagram UFCBrasil)
Fabrício Werdum é franco-favorito contra Tybura no UFC Austrália

Além de Werdum x Tybura, o UFC Austrália terá dois interessantes duelos entre os meio-médios. Dois trocadores de mão pesada, Tim Means e Belal Muhammad buscam se firmar com novas vitórias rumo ao ranking da categoria, enquanto Jake Matthews e Bojan Velickovic buscam se recuperar de duras derrotas para confirmarem seus status de promessas da divisão.

A porção preliminar do show ainda conta com um duelo entre ex-companheiros de treino e atuais inimigos. Os leves Nik Lentz e Will Brooks treinaram juntos na American Top Team, mas desde que Lentz deixou a equipe, os dois têm trocado farpas nas redes sociais – o duelo aconteceria originalmente em outubro, mas “Carnage” passou mal e o ex-campeão do Bellator ficou sem oponente. A luta acabou remarcada para este sábado.

Werdum perto do topo – de novo

F. Werdum é o único ex-campeão do UFC Austrália (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

F. Werdum é o único ex-campeão do UFC Austrália (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Em meio a uma semana agitada, com direito a briga com Colby Covington, Fabricio Werdum retorna ao octógono pouco mais de um mês após finalizar Walt Harris no UFC 216. Na ocasião, o brasileiro enfrentaria Derrick Lewis, mas o norte-americano teve problemas nas costas no dia da luta e foi substituído por “Big Ticket”. O faixa-preta de jiu-jitsu mostrou toda sua maestria no chão e precisou de apenas 65 segundos para liquidar a fatura.

Sem lesões da última luta, “Vai Cavalo” logo aceitou substituir Mark Hunt contra o perigoso Marcin Tybura. Número oito do ranking dos pesados, o polonês vem de três vitórias seguidas, incluindo uma decisão sobre o ex-campeão Andrei Arlovski e nocautes sobre Luis Henrique KLB e Viktor Pesta.

Werdum sabe que uma vitória não o colocará imediatamente frente a Stipe Miocic, atual campeão, novamente. Mas o brasileiro segue ativo em busca de uma chance pelo cinturão e pode, eventualmente, estar na fila, atrás apenas do vencedor de Francis Ngannou x Alistair Overeem, que ocorrerá no UFC 218, em 2 de dezembro.

Futuro e presente dos meio-médios

T. Means (esq) pega B. Muhammad (dir) (Foto: Reprodução YouTube UFC)

T. Means (esq) pega B. Muhammad (dir) (Foto: Reprodução YouTube UFC)

Além da luta principal, dois combates entre meio-médios se destacam na porção principal do UFC Austrália. Primeiro, Belal Muhammad, que vem de duas importantes vitórias (contra Randy Brown e Jordan Mein), busca manter a sequência positiva de olho no ranking da divisão. Já Tim Means, seu oponente, se recuperou bem da derrota por finalização para Alex Cowboy ao dominar Alex Garcia, e também está de olho em um lugar entre os 15 melhores atletas até 77 kg. do UFC.

Por outro lado, o UFC Austrália também trará um duelo entre promessas. Bojan Velickovic, que mostrou agressividade em todas as suas lutas, precisa se recuperar do duro revés sofrido para Darren Till. Seu adversário, Jake Matthews, mostrou mais valor até agora no UFC, mas vem em situação pior: perdeu suas duas últimas lutas, para Kevin Lee e Andrew Holbrook. Quem vencer, fica perto de confirmar o status de futuro da divisão.

Ex-amigos, agora inimigos

N. Lentz (esq) já treinou com W. Brooks (dir) (Foto: Reprodução YouTube UFC)

N. Lentz (esq) já treinou com W. Brooks (dir) (Foto: Reprodução YouTube UFC)

A história tem se tornado comum no UFC. Ex-companheiros de treinos, dois atletas se desentendem quando um muda de rumo e uma luta entre eles se torna inevitável. Assim como ocorreu recentemente com TJ Dillashaw e Cody Garbrandt, Will Brooks e Nik Lentz foram de amigos a inimigos e medirão forças no UFC Austrália.

Ex-campeão do Bellator, Brooks não teve vida fácil desde que chegou ao Ultimate. Após iniciar sua trajetória com uma vitória sobre Ross Pearson, o norte-americano sofreu duas duras derrotas para brasileiros. Primeiro, acabou nocauteado por Alex Cowboy e depois foi finalizado por Charles Oliveira. “Ill Will” encara o duelo com o ex-amigo como uma chance pela redenção.

Já Lentz chegou a estar entre os melhores no peso pena, mas o corte severo de peso o fez subir novamente para os leves, com resultados diversos. Vindo de derrota para Islam Makhachev, “Carnage” venceu Danny Castillo e Michael McBride antes do mais recente revés. O duelo com Brooks integraria o UFC 216, mas Lentz passou mal no dia da pesagem e a luta agora acontecerá na Austrália.

 

Ficha técnica do UFC Austrália:

DATA E HORÁRIO: 18/11/2017, a partir das 21h30 (horário de Brasília)

LOCAL: Qudos Bank Arena, Sidney, Austrália

TRANSMISSÃO: Canal Combate

Card principal

Pesado: Fabricio Werdum x Marcin Tybura

Palha: Bec Rawlings x Jessica-Rose Clark

Meio-médio: Tim Means x Belal Muhammad

Meio-médio: Jake Matthews x Bojan Velickovic

Médio: Elias Theodorou x Dan Kelly

Peso casado: Alexander Volkanovski x Shane Young

Card preliminar

Mosca: Ryan Benoit x Ashkan Mokhtarian

Leve: Nik Lentz x Will Brooks

Pesado: Rashad Coulter x Tai Tuivasa

Leve: Damien Brown x Frank Camacho

Palha: Alex Chambers x Nadia Kassem

Mosca: Jenel Lausa x Eric Shelton

Pesado: Anthony Hamilton x Adam Wieczorek

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário