Pacquiao desafia McGregor para “verdadeira” luta de boxe

Aos 38 anos, multicampeão da nobre arte quer um último grande salário antes de se aposentar e vê oportunidade contra o irlandês

M. Pacquiao (esq) quer McGregor (dir) (Foto: Montagem Divulgação/Reprodução Twitter ufc)

M. Pacquiao (esq) quer McGregor (dir) (Foto: Montagem Divulgação/Reprodução Twitter ufc)

A estrela de Conor McGregor brilha cada vez mais tanto no MMA quanto no boxe. Enquanto Tony Ferguson e Nate Diaz disputam o direito de enfrentar o irlandês no UFC, uma lenda da nobre arte se colocou à disposição para lutar com o “Notorious” no ringue. O multicampeão Manny Pacquiao usou suas redes sociais para “desafiar” McGregor para uma “verdadeira” luta de boxe.

Veja Também

D. Cormier (dir) defendeu Khabib (esq) (Foto: Reprodução Facebook UFC Live Italia)
Cormier pressiona Ferguson a aceitar luta de título com Khabib
N. Diaz (esq) posa com técnico R. Perez (dir) Foto: Reprodução Facebook Nate Diaz
Técnico pede salário de US$ 15 milhões para Diaz enfrentar Woodley
K. Gastelum (foto) recusou luta no Brasil (Foto; Reprodução Facebook Kelvin Gastelum)
Antes de Bisping, Gastelum admite estar de olho em Woodley

Pelo seu Instagram oficial, Manny Pacquiao postou uma foto de McGregor, desejando ao irlandês um “Feliz Dia de Ação de Graças” (popular feriado nos Estados Unidos), e pedindo a ele que “permaneça saudável”, para uma possível luta entre os dois em 2018. O filipino ainda usa algumas hashtags na legenda da foto, como “verdadeira luta de boxe” e “2018”, indicando seu interesse em enfrentar o campeão do UFC no ringue.

Ao contrário de Floyd Mayweather, “Pacman” tem se mantido ativo desde que os dois se enfrentaram na “Luta do Século” em 2015 e vem de derrota bastante contestada para Jeff Horn, na Austrália. Apesar de ter tido um dos grandes pay-per-views da história contra “Money”, Pacquiao não tem tido bons números em suas últimas lutas, com o duelo diante de Horn tendo sido transmitido pela TV fechada nos Estados Unidos, ao invés de ser vendida por PPV. O interesse do filipino em uma luta com Conor pode ser explicada pela chance de o multicampeão conseguir um grande último salário em sua carreira, já que ele está com 38 anos e tem 68 lutas profissionais em seu cartel.

Veja a postagem de Pacquiao:

 

Happy Thanksgiving! Stay fit my friend. #realboxingmatch #2018 @thenotoriousmma

Uma publicação compartilhada por Manny Pacquiao (@mannypacquiao) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário