Cyborg diz que Holm é ‘mais dura’ que Amanda nos bastidores do UFC 219

Brasileira admitiu em conversa com treinadores flagrada pelo UFC que não gostaria de enfrentar sua compatriota

C. Cyborg (foto) falou nos bastidores do UFC 219 (Foto: Reprodução Facebook ufc)

O Ultimate divulgou o vídeo oficial dos bastidores do UFC 219, disputado no último sábado (30). Nas imagens, familiares de Cris Cyborg e Holly Holm, que se enfrentaram na luta principal, aparecem comemorando e lamentando o resultado, respectivamente. A brasileira, porém, é flagrada também conversando com seus técnicos sobre uma possível luta com a compatriota Amanda Nunes e diz que acha que Holm foi “mais dura” do que seria um combate com a campeã peso galo.

Veja Também

Cyborg pode participar de ‘Dança dos Famosos’ nos Estados Unidos
Holm e Barboza levam suspensões médicas de 60 dias após UFC 219
Primo de Nurmagomedov fará estreia no UFC em Belém

Primeiro, Cyborg conversa com Jason Parillo, treinador de boxe, e revela que falou com a imprensa que gostaria de evitar um duelo entre brasileiras, mas que não fugiria, caso o UFC e a própria Amanda quisessem isso. Depois, Tito Ortiz, que treinou wrestling com a campeã, comenta que não acha que a “Leoa” irá querer enfrentar sua aluna após o UFC 219. E aí, Cyborg admite que acha Holly “mais dura” que Nunes.

“Eu falei para eles. Não gostaria de enfrentar uma outra brasileira, mas se o UFC quiser, se a própria Amanda quiser, nós vamos lutar (…) Eu acho mesmo que Holly é mais dura que ela”, comentou a brasileira nos bastidores.

Outra cena marcante do vídeo é o desabafo do russo Khabib Nurmagomedov em conversa com Dana White logo após a vitória sobre Edson Barboza. Ainda no octógono, o russo fala ao patrão que está com a mulher grávida e que, mesmo assim, ficou longe dela por meses para se preparar para essa luta.

Veja o vídeo de bastidores do UFC 219:

Notícias relacionadas