Cyborg não pretende enfrentar Amanda: ‘Quero construir minha categoria’

Brasileira declarou que só enfrentaria compatriota se ela se credenciasse com uma vitória no peso pena

Cyborg (foto) não quer A. Nunes (Foto: Reprodução Facebook Cristiane “Cyborg” Santos)

A brasileira Cris Cyborg admitiu que não pretende enfrentar Amanda Nunes, campeã peso galo. Atual dona do cinturão pena, Cris disse se sentir no dever de ajudar a construir a categoria, que não tem atletas oficialmente assiandas pelo UFC. Com isso, Cyborg disse que precisava enfrentar uma lutadora que, de fato, lutasse pelo peso pena em sua próxima defesa de cinturão.

Veja Também

Cyborg diz que Holm é ‘mais dura’ que Amanda nos bastidores do UFC 219
Cyborg pode participar de ‘Dança dos Famosos’ nos Estados Unidos
Holm e Barboza levam suspensões médicas de 60 dias após UFC 219

Apesar disso, Cyborg admitiu que se a “Leoa” ganhasse ao menos uma luta contra uma peso pena de verdade, então ela se credenciaria a uma disputa de cinturão. Nesses termos, disse Cris, uma luta com a compatriota poderia sair do papel.

“Tendo me estabelecido novamente como campeã do mundo até 66 kg, eu sinto que é a minha obrigação lutar contra a desafiante número um da categoria para a minha próxima luta. Eu lutei quatro vezes seguidas contra garotas que subiram do peso de baixo para me enfrentarem em “superlutas” para os fãs (…) Como campeã do mundo é importante que eu enfrente as desafiantes. É isso que faz do MMA um esporte e não só entretenimento. Se não acontecer isso, qual o ponto de as pessoas lutarem e treinarem se não sabem se vão ter uma chance? Se Megan Anderson não estiver pronta, então Pam Sorenson é a próxima desafiante que merece uma chance (…) Se Amanda quer mesmo a oportunidade de lutar pelo cinturão peso pena, uma vitória sobre qualquer oponente ranqueada nessa divisão a ajudaria a se estabelecer dentro de uma categoria que ela deixou antes de me enfrentar”, comentou Cyborg em suas redes sociais.

A resposta da campeã brasileira veio após Dana White garantir que iria casar o duelo entre Cyborg e Amanda Nunes e que a campeã peso galo seria “definitivamente” o próximo desafio da dona do cinturão dos penas.

Notícias relacionadas