Vitor Belfort anuncia aposentadoria após luta contra Uriah Hall no domingo

Fenômeno irá penduras luvas, no próximo domingo, no UFC Fight Night St Louis, depois de 21 anos dedicados ao esporte

V. Belfort anuncia aposentadoria (Foto: Reprodução Facebook ufc)

A trajetória de um dos maiores nomes do MMA mundial chegará ao fim no próximo domingo (14). Vitor Belfort anunciou que o duelo contra Uriah Hall, no UFC Fight Night St. Louis, será o último de sua carreira como profissional. Com 40 anos de idade e quase 22 dedicados ao esporte, o ‘Fenômeno’ irá penduras as luvas. Ele irá assumir o posto de empresário e promete trabalhar para fazer o esporte crescer.

Veja Também

Belfort fala de aposentadoria em carta à irmã desaparecida

“Vou começar segunda-feira, quando começo a abrir as franquias da academia. Estou investindo no meu negócio. É hora de descansar meu corpo e abrir as academias. Estou focado na minha segunda jornada”, afirmou, durante a sessão com jornalistas antes do UFC St. Louis.

“A vida é dividida em estações, e você precisa reconhecer as estações. Eu fiz mais que o bastante. Às vezes faço flashbacks e penso, ‘ainda estou fazendo isso, isso é loucura!’ Sou muito grato, mas acho que meu corpo precisa descansar. Tenho outras coisas, tenho negócios. Desenvolvi um sistema de treinos em grupo que vamos licenciar. Quero ajudar o esporte de alguma forma e fazer outras coisas. Temos que saber a hora de começar e a hora de terminar… Caras da minha era nunca esperavam estar lutando (agora), e eu estou saindo ainda relevante. Esta foi minha jornada, conquistei muitas coisas boas, mas quero fazer coisas grandes. Estou entrando na minha segunda jornada na vida, e estou feliz”, completou Vitor.

A carreira de Vitor Belfort

Faixa-preta de jiu-jitsu da lenda Carlson Gracie, Belfort se notabilizou no mundo das lutas pela velocidade de suas mãos. Dono de um poder de nocaute assustador, Belfort chamou a atenção do mundo logo aos 19 anos de idade com venceu três adversários na mesma noite no UFC 12. O fato o fez ganhar o apelido de ‘Fenômeno’, inspirado no atacante Ronaldo, do futebol.

Em sua trajetória como lutador de MMA foram 26 vitórias, 13 derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado). Entre as principais conquistas de Belfort estão o GP de pesados do UFC 12 – vencendo dois adversários na mesma noite – em 1997, aos 19 anos. O cinturão dos meio-pesados do UFC, em 2004, quando derrotou Randy Couture e o título do evento inglês Cage Rage nos meio-pesados.

Vitor ainda disputaria o título do UFC em outras três oportunidades: contra Anderson Silva, em 2011, Jon Jones, em 2012 e contra Chris Weidman, em 2015, mas acabou derrotado em todas as disputas.

Notícias relacionadas