Usman acusa Covington de fugir de duelo no UFC St. Louis

Nigeriano enfrenta Emil Meek, mas perdeu chance de fazer luta principal com norte-americano

Usman vem de seis vitórias seguidas (Foto:Reprodução/Facebook KamaruUsman)

Apesar de estar atacando o Brasil e os lutadores brasileiros, Colby Covington também é alvo de atletas de outros países. Um deles é o nigeriano Kamaru Usman. Vindo de vitória avassaladora por nocaute sobre Serginho Moraes, Usman revelou que “Chaos” rejeitou enfrentá-lo na luta principal do UFC St. Louis do próximo domingo (14). Com isso, Kamaru enfrentará Emil Meek em uma luta de menor impacto e a grande atração ficará por conta do combate peso pena entre Doo Ho Choi e Jeremy Stephens.

Veja Também

Manuwa ataca Glover Teixeira: ‘Está fugindo de mim’
Cyborg dispara contra técnico de Amanda Nunes: ‘Creonte’
Vitor Belfort anuncia aposentadoria após luta contra Uriah Hall no domingo

Em entrevista antes do duelo com o norueguês, Usman garantiu que Covington está fugindo dele, mas disse que o norte-americano “não pode se esconder para sempre”.

“Muita gente não sabe, mas eu deveria estar liderando este evento contra Colby Covington. Foi por isso que demorou para o UFC acertar uma luta principal para St. Louis. Ele rejeitou a luta, então estamos aqui. Ele pode correr, mas não pode se esconder para sempre. Eu acho que essa luta está destinada a acontecer. Este mundo é muito pequeno. Vim da Nigéria, emigrei para os Estados Unidos, conheci Jon Jones (ex-campeão e antigo companheiro de quarto de Covington), mantivemos contato e passei uma semana no quarto dele na Universidade, o mesmo quarto de Covington. Essa luta está escrita”, comentou Usman, em declarações reproduzidas pelo site norte-americano MMA Junkie.

Logo antes de enfrentar Demian Maia, Covington havia provocado Kamaru Usman, dizendo que o próprio nigeriano havia rejeitado enfrentá-lo três vezes e agora estava “preso lutando contra mendigos”.

Notícias relacionadas