Rashad Evans explica lesão que o tirou da luta contra Jon Jones

Para seu lugar, o brasileiro Lyoto Machida foi convocado e disputa cinturão no UFC 140

O norte-americano Jon Jones irá defender o cinturão dos meio-pesados do UFC diante do brasileiro Lyoto Machida, dia 11 dezembro, em Toronto, no Canadá. Mas inicialmente o adversário do campeão deveria Rashad Evans, que recusou o combate alegando estar se recuperando de uma contusão.


VEJA TAMBÉM

Lyoto Machida encara Jon Jones pelo cinturão no UFC 140

Através de seu site oficial, Evans emitiu um comunicado, onde deu detalhes de uma cirurgia no polegar da mão direita, que foi deslocado na luta contra Tito Ortiz.

“Depois da minha última luta contra Tito Ortiz (no UFC 133, em agosto), eu desloquei meu polegar direito, que precisava ser colocado no lugar com alguns pinos. Apenas ontem meu médico removeu estes pinos. Naquele momento, eu soube que isso exigiria mais três semanas de reabilitação antes de voltar a fazer qualquer exercício ou treinamento”, disse Evans.  O lutador, que não esconde seu desejo de encarar Jones, seu ex-companheiro de equipe, ressaltou que compreende o UFC ter escalado Lyoto para seu lugar.

“Dana White e eu nos falamos mais cedo e eu compreendo perfeitamente a sua decisão de colocar Machida contra Jones pelo título no UFC 140. Dado o tempo de reabilitação que preciso, não estaria 100% pronto até o dia 10 de dezembro. Eu teria feito a mesma coisa que o Dana fez em sua posição”, encerra Evans, que perdeu seu cinturão justamente para Lyoto no passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário