“Anderson não tem interesse de renovar com UFC”, diz empresário

O brasileiro Anderson Silva reina absoluto na divisão de pesos médios do UFC e é considerado por muitos o maior lutador de MMA de todos os tempos. Mas mesmo com a soberania dentro do octógono, o campeão pode estar se despedindo das competições.

Com 36 anos e 35 lutas como profissional, o “Spider” está cansado e perto de pendurar as luvas. Pelo menos é isso que diz Ed Soares, empresário de Anderson. Em entrevista ao programa de rádio “Rewind”, do site norte-americano Sherdog, Ed afirmou que o brasileiro deverá cumprir o contrato que tem em vigor, porém, acredita que o vinculo não será renovado.

“Temos que viver um dia de cada vez. É realmente difícil dizer, mas, a partir de agora, temos apenas quatro lutas no contrato. Se a oferta para continuar for boa, é claro que interessa, mas não é o objetivo principal do Anderson”, afirmou Ed. “Já conversei com ele (Anderson) e ele não manifestou interesse em renovar”, completou.

Uma carreira de sucesso
Anderson Silva chegou ao UFC, em 2006, como campeão do Cage Rage. Logo em sua estreia no octógono não deu chances para Chris Leben e nocauteou o norte-americano em apenas 49 segundos de luta. Com expressivo triunfo, o brasileiro se credenciou para disputar o cinturão da categoria de pesos médios e não deu chances para Rich Franklin, campeão naquela oportunidade, e também venceu por nocaute. Desde que conquistou o título, Silva acumula recordes dentro do UFC: maior número de vitorias consecutivas (14), maior número de defesas de cinturão (nove) e maior tempo invicto dentro do evento (cinco anos).

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário